sexta-feira, 29 de junho de 2012

Aeroporto de Teresina inaugura módulo operacional


Os passageiros do Aeroporto de Teresina/Senador Petrônio Portella (PI) têm agora mais conforto. Nesta quarta-feira (27/6) entraram em funcionamento os módulos operacionais para embarque e desembarque. Os dois módulos estão em operação assistida, na qual é testado o funcionamento das novas instalações e equipamentos. Os módulos contam com uma área total de 1,5 mil m², sendo que um deles é utilizado como sala de embarque e o outro cumpre a função de sala de desembarque. O valor investido nas melhorias é de R$ 4,1 milhões.

Ainda de acordo com a Acessoria de Impresa da Infraero, os módulos operacionais têm as mesmas facilidades das salas de embarque e desembarque tradicionais, como isolamento termoacústico e climatização, e contam com espaço para abrigar lojas de conveniência como lanchonetes e livrarias.

O superintendente da Regional Nordeste da Infraero, Fernando Nicácio, recepcionou os passageiros do primeiro voo a desembarcar no módulo. A operação foi observada também pelo governador do Piauí, Wilson Martins, que demonstrou satisfação com o funcionamento. Nicácio destacou também outras intervenções que estão sendo realizadas em Teresina. “Além dos módulos, o aeroporto está recebendo reformas e ampliações para as áreas de circulação de passageiros e operacionais”, afirmou.

A TAM está entre as dez aéreas mais inovadoras

A Tam ficou na quinta posição da última edição de 2012 no ranking “The world’s 10 most innovative airlines” (As 10 companhias aéreas mais inovadoras do mundo). O prêmio, organizado pela agência independente de pesquisa airlinetrends.com, baseada na Holanda, monitora a indústria mundial de aviação para mapear inovações comerciais que vão ao encontro das transformações do setor e das demandas dos clientes.

Segundo o fundador da airlinetrends.com, Raymond Kollau, os principais critérios utilizados para ranquear as companhias são a criação de serviços relevantes e inovadores nos mercados de atuação e a capacidade de tornar singular a experiência de viagem do passageiro.

No caso da Tam, quatro quesitos foram determinantes para que a companhia figurasse no ranking. A implantação do sistema de conectividade a bordo foi um deles. Os outros dois foram a criação de QR-codes para comemorar datas especiais, e o “Projeto Vintage”, que marcou a reabertura do Museu Tam. O quarto quesito considerado foi a realização do primeiro voo teste com bicombustível.

“Figurar nesse ranking é a comprovação de estarmos à altura das melhores práticas do mundo e isso é uma enorme satisfação para nós. Temos o compromisso de entregar sempre o melhor serviço”, disse a diretora de Marketing da Tam, Manoela Amaro.

Aeroporto Internacional de João Pessoa receberá voos da Argentina

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) aprovou projeto da Paraíba para o trabalho de divulgação dos roteiros no mercado argentino. Dos oito estados que apresentaram projetos, apenas três foram aprovados. Além da Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte. O projeto foi apresentado pela PBTur (Empresa Paraibana de Turismo), que receberá da Embratur R$ 332.568,99 para uma série de ações promocionais na Argentina. A partir do ano que vem, o Estado passará a receber voos charters direto de Buenos Aires para João Pessoa.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, disse que na nota técnica de chamamento público de voos fretados, a Embratur entendeu como positivos os quesitos avaliados, "demonstrando pertinência e clareza na solicitação de liberação dos recursos”, conta. O projeto tem como objetivo permitir a divulgação do Destino Paraíba na Argentina, de forma a garantir a ocupação de 95% dos assentos de voos fretados para João Pessoa operados por um pool de empresas daquele país.


Ruth Avelino enfatizou que o trabalho teve início, ainda no ano passado, durante a Feira Internacional de Turismo da América Latina (FIT), realizada em Buenos Aires. Em abril deste ano, os primeiros contatos efetivos começaram a ser feitos com os operadores argentinos, que realizaram uma visita técnica no Estado. Na oportunidade, executivos das operadoras All Seasons, Consult House, Eurovips, Interlands, Topdest, Principios e Thesys conheceram diversos pontos turísticos e destacaram a receptividade, infraestrutura hoteleira, além da segurança, limpeza e cordialidade dos paraibanos.


Em maio, o sócio-gerente da operadora All Seasons, da Argentina, Gabriel Sánches, esteve em João Pessoa, quando reforçou a boa impressão dos operadores argentinos sobre o mercado local, dando início efetivo à concretização do voo charter de Buenos Aires para a capital paraibana. "Todos destacaram as belezas naturais das praias. Mas o que mais chamou a atenção foi a tranquilidade, a limpeza das cidades e a segurança”, disse Sánches, na oportunidade.
 
Ainda de acordo com Ruth Avelino, o projeto foi encaminhado à Embratur no sentido de obter recursos para viabilizar ações de marketing no mercado argentino. A executiva da PBTur confirmou que serão negociados espaços publicitários e, acima de tudo, a formatação de visitas técnicas e realização de treinamento dentro das operadoras. "Estamos fechando uma programação de treinamento nas operadoras no final de agosto”, adianta a presidente da estatal.

Outra ação que já está sendo trabalhada é a promoção de um famtour com a participação de 25 operadores de turismos e cinco jornalistas dos principais veículos de comunicação da Argentina. "Faremos um famtour no segundo semestre deste ano para reforçar a imagem do nosso destino junto aos principais profissionais daquele país”, destaca Ruth Avelino. A executiva está se preparando para participar da próxima FIT, evento que será fundamental para a consolidação da marca Paraíba no mercado argentino.

Fonte: Secom Paraíba

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Confira a tabela do voos no Aeroporto de João Pessoa com o mau tempo


Devido ao mau tempo, a madrugada para os passageiros foi complicada no Aeroporto Internacional de João Pessoa. De acordo com o site da Infraero, foram desviados cinco voos para Natal e um para Recife.

As companhias aéreas e a Infraero pedem aos passageiros que liguem para as empresas confirmando os horários dos voos antes mesmo de seguir para o Aeroporto. Confira a tabela com os horarios dos voos em João Pessoa:

- Chegadas

TAM | 3782 | Brasília 01:08h - Finalizado 04:33h 
AZUL | 4244 | Campinas 01:12h - Finalizado 01:40h
TAM | 3392 | Rio de Janeiro 02:10h - Finalizado 05:53h
GOL | 1896 | Campinas/Belo Horizonte/Salvador 02:15h - Finalizado 06:11h
GOL | 1852 | Guarulhos/Brasília 02:30h - Finalizado 05:14h
GOL | 1080 | Rio de Janeiro 02:40h - Finalizado 06:06h
TAM | 9354 (Atual 3158)| Recife 07:20h - Finalizado 08:19h
TAM | 3482 | Brasília 13:50h - Finalizado 14:20h
TAM | 3484 | Rio de Janeiro 14:35h - Finalizado 15:37h
AZUL | 4262 Campinas/Rio de Janeiro 14:40h - Finalizado 14:39h
AVIANCA | 6344 | Brasília 14:45h - Finalizado 14:45h
TAM | 3356 | Guarulhos 15:00h - Finalizado 15:11h
GOL | 1792 | Guarulhos/Rio de Janeiro 15:25h - Finalizado 15:25h
TAM | 3688 | Guarulhos 21:50h - Previsto
TAM | 3158 | Rio de Janeiro/Recife 23:55h - Previsto

- Partidas

TAM | 3689 | Guarulhos 00:35h - Finalizado 00:32h
AZUL | 4245 | Campinas 01:48 - Finalizado 20:18h
GOL | 1081 | Rio de Janeiro 03:35h - Finalizado 06:45h
GOL | 1897 | Salvador/Belo Horizonte/Campinas 04:40h - Finalizado 07:05h
GOL | 1677 | Brasilia/Guarulhos 05:20h - Finalizado 06:25h
TAM | 3787 | Brasília 07:00h - Finalizado 07:27h
TAM | 9354 (Atual 3158) | Rio de Janeiro 07:50h - Finalizado 08:40h
TAM | 9355 (Atual  3393)| Rio de Janeiro 07:50h  - Finalizado 05:45h
TAM | 9356 (Atual 3359)| Guarulhos 07:20h - Finalizado 06:41h
TAM | 3483 | Brasília 14:29h - Finalizado 14:50h
TAM | 3485 | Rio de Janeiro 15:12h - Finalizado 16:06h
AZUL | 4269 | Campinas/Rio de Janeiro 15:05h - Finalizado 15:05h
AVIANCA | 6345 | Brasília 15:30h - Finalizado 15:39h
TAM | 3357 | Guarulhos 15:45h - Finalizado 15:54h
GOL | 1793 | Guarulhos/Rio de Janeiro 15:55h - Ultima Chamada 16:35h

Dados fornecidos pela Infraero às 16:26h.

Mau tempo prejudica voos no Aeroporto de João Pessoa

Assim como ocorre em dias de chuva forte, voos que têm João Pessoa como destino são obrigados a serem desviados para os aeroportos de Natal (RN) ou Recife (PE). Na madrugada desta quinta-feira (28), um voo de TAM Linhas Aéreas, que partiu de Brasília com destino a capital paraibana, teve que ser desviado para Natal por conta da chuva que caía no horário do pouso.

No voo, segundo informações, estavam o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra - que havia recebido um prêmio -; o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Abraham Lincoln; e o deputado federal Manoel Júnior. O susto teria sido muito grande, por conta de duas tentativas de pouso frustradas, por um período de quase uma hora onde o piloto ficou sobrevoando a cidade, até a decisão de seguir para Natal.

O avião, segundo informações, estava com 140 passageiros e saiu do aeroporto JK às 22h30 de quarta-feira (27), com chegada no Aeroporto Presidente Castro Pinto, em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, prevista para 1h05.

De acordo com regulamentação das companhias aéreas, o piloto tem por procedimento pousar nos aeroportos se tiver 100% de garantia de segurança, caso contrário, ele comunica os controladores dos aeroportos mais próximos para informar sobre a mudança de rota. No caso de dificuldade de pousar no Castro Pinto, os pilotos têm as opções de Natal - que vem sendo mais utilizado - ou Recife.

De acordo com o site da Infraero, ainda foram desviados para aeroportos vizinhos os voos 3392 TAM oriundo do Rio de Janeiro; o voo 1852 vindo de Guarulhos via Brasília da Gol; o voo 1080 da Gol chegando do Rio de Janeiro; e voo TAM 3158 finalizou em Recife e realizou o retorno pela manhã. Os voos do período da tarde estão sendo operados sem grandes problemas.

Quando isso ocorre, a companhia aérea passa a se responsabilizar pelas despesas dos passageiros, como refeições, hospedagens e até transporte em caso de deslocamento via terrestre, de acordo com o período de demora para a tomada de providências de um novo embarque. No caso deste voo, o piloto reembarcou os passageiros e pouso em João Pessoa já no início da manhã. 

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Trip oferece web check-in até dois dias antes do embarque


Pensando na maior praticidade, rapidez, facilidade e conforto dos passageiros, a Trip Linhas Aéreas está disponibilizando o serviço de Web Check-in. Utilizando o Web Check-in da TRIP o passageiro poderá reservar o seu assento e imprimir o cartão de embarque a partir de dois dias e até 90min antes do horário previsto do voo, através de um computador conectado a internet. O serviço é seguro e ainda permite ao passageiro ter certeza sobre os dados que estão sendo cadastrados. O serviço está disponível em todos os aeroportos atendidos pela TRIP, que atualmente, são mais de oitenta localidades.

TAM perde no doméstico em maio, Trip e Avianca crescem

A demanda doméstica do transporte aéreo de passageiros cresceu 5,7% em maio deste ano sobre o mesmo mês de 2011. A demanda acumulada nos cinco primeiros meses de 2012 apresentou crescimento de 6,5%. Avianca e Trip mantiveram as maiores taxas de crescimento da demanda, da ordem de 83% e 66%, respectivamente, enquanto a Tam caiu 7,9% e a Gol cresceu apenas 0,8%.

Tam e Gol lideraram o mercado doméstico em maio, com 38,7% e 33,8% de share de mercado, respectivamente. No acumulado dos primeiros cinco meses de 2012, a participação das duas empresas alcançou 39,4% e 34,3%, respectivamente. A soma do market-share das líderes em maio de 2012 (72,5%) registrou queda de 9,3% em relação ao mesmo mês de 2011, quando essas empresas juntas somavam 79,9% de participação, sinal de que as pequenas estão conquistando mercado.

A participação das demais empresas apresentou crescimento de 36,7% no período, passando de 20,1% em maio de 2011 para 27,5% em maio de 2012. Nos primeiros cinco meses de 2012, o market-share das demais empresas acumulou alta de 34,8%. A Avianca passou de 2,95% para 5,1% (crescimento de 73,2%) e a Trip, agora pertencente à Azul, de 3% para 4,7% (expansão de 57%), respectivamente. Nos primeiros cinco meses de 2012, Tam e Gol acumularam perda de participação de mercado de 8,2% e de 8,7%, respectivamente, quando comparada ao mesmo período de 2011.

A oferta no mercado doméstico apresentou crescimento de 5% em maio passado. Nos primeiros cinco meses do ano, o crescimento foi de 9,3% também na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado de maio de 2012 representou o maior nível de oferta e de demanda do transporte aéreo doméstico para o mês de maio desde o início da série, em 2000.

A taxa de ocupação dos voos domésticos de passageiros foi de 67,6% em maio, contra 67,1% em maio de 2011, o que representou uma recuperação de 0,7%. No acumulado dos primeiros cinco meses de 2012, houve uma redução de 2,5% quando comparada ao mesmo período de 2011. As maiores taxas de ocupação em maio de 2012 foram alcançadas por Azul e Avianca, com 78% e 75,9%, respectivamente.

A demanda do transporte aéreo internacional de passageiros caiu 2,7% em maio de 2012 em relação a maio de 2011. A oferta registrou redução de 3,4% no mesmo período. De janeiro a maio de 2012, a demanda registrou crescimento de 0,8% e a oferta caiu 2,4% quando comparadas com o mesmo período de 2011. A Gol apresentou redução de 12% na demanda de maio, enquanto a Tam registrou queda de 0,31% no mesmo período.

Tam com 91,7% e Gol com 8,3% representaram a totalidade da participação das empresas brasileiras no transporte aéreo internacional de passageiros em maio de 2012. A taxa de ocupação dos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras alcançou 79,8% em maio, contra 79,2% do mesmo mês de 2011, representando uma variação positiva de 0,7%. O resultado é o melhor aproveitamento para o mês de maio desde o início da série, em 2000. O aproveitamento da Tam em maio foi de 82,9%, enquanto o da Gol ficou em 56,3%.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Área de check-in do Aeroporto de João Pessoa será ampliada até janeiro

A Poliedro, de João Pessoa, será a empresa responsável pelas obras de ampliação da área de check’in do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. A empresa foi a única a participar do processo de licitação e assumirá a obra cujo valor é de R$ 670 mil. A nova área de check’in terá 10 novos balcões de atendimento e, de acordo com o cronograma da obra, deverá estar pronta entre dezembro deste ano e janeiro de 2013.

De acordo com a superintendência da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), no aeroporto, as obras de ampliação da área devem ser iniciadas no final de julho, com a assinatura da ordem de serviço. “Estamos ultimando alguns trâmites burocráticos e acredito que até o final de julho as obras tenham início”, reforça o superintendente Alexandre Oliveira.

O executivo disse que a TAM Linhas Aéreas deverá ocupar a nova área, por atualmente ser a companhia aérea com maior participação de passageiros no Castro Pinto, com mais de 50% da demanda. O setor onde já funciona o atendimento aos passageiros ficará sendo ocupado por Gol, Avianca e Azul. “Apostamos na ampliação para oferecer mais conforto aos usuários, em especial, nos períodos de maior demanda”, enfatiza Oliveira.

Movimento no Aeroporto de João Pessoa é o terceiro maior do nordeste


O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, apresentou o terceiro maior movimento de passageiros dos aeroportos administrados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), na região Nordeste, nos cinco primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado. O crescimento chegou a 8,97% no período, com 500.711 passageiros embarcando e desembarcando.

De acordo com os dados divulgados pela Infraero, o aeroporto de Aracaju (SE) registrou maior crescimento no período, de 26,34%, com o aeroporto de São Luis em segundo, com um movimento 13,97% maior em relação ao ano passado. O equipamento de Fortaleza apresentou o quarto maior crescimento, de 4,95%, enquanto que Teresina aparece em quinto, com alta de 1,19%, e Recife e Maceió, em sexto, com um crescimento de 0,65%.

Os destaques negativos nos cinco primeiros meses do ano ficaram com os aeroportos de Salvador, que apresentou uma queda de movimento de passageiros, de 6,7%, e Natal, com um índice negativo de 3,69%, no período.

TAM e LAN concretizam união e dão origem a LATAM

A LAN Airlines S.A. (que agora passa a chamar-se LATAM Airlines Group S.A.) e a TAM S.A. concluíram hoje seu processo de consolidação, dando origem ao LATAM Airlines Group S.A. A nova holding oferecerá a seus passageiros mais voos, para mais destinos, que qualquer outro grupo de aviação da América do Sul, chegando a aproximadamente 150 destinos, em 22 países e transportando cargas para 169 destinos em 27 países.

Como anunciado anteriormente, a transação aconteceu mediante a oferta da LAN aos acionistas da TAM de trocar suas ações da TAM por papéis da LAN, na razão de 0,9 ação da LAN por uma da TAM. As ações da LAN serão entregues na forma de BDRs (Brazilian Depositary Receipts) no Brasil e ADRs (American Depositary Receipts) nos Estados Unidos. 

A oferta de ações, que se materializou com o leilão em 22 de junho, estava sujeita à condição de que o número de ações minoritárias qualificadas em concordância com o cancelamento da TAM como uma empresa pública no Brasil representasse mais de 2/3 (dois terços) do total, excluindo aquelas de propriedade da TAM, dos acionistas controladores da empresa e de quaisquer pessoas a eles relacionadas. Esta condição de fechamento foi satisfeita quando, do total de ações qualificadas, 99,9% das ações concordaram com o cancelamento do registro de companhia aberta da TAM. Juntas, as ações que aderiram à oferta pública e as detidas pelos acionistas controladores da TAM representam 95,9% do total de ações em circulação da TAM.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Entidades discutem mehora da malha aérea no nordeste

Um encontro realizado esta semana entre o superintendente da Sudene, Luiz Gonzaga Paes Landi, e o secretário executivo da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI-NE), Roberto Pereira, foi o pontapé inicial de parcerias entre as duas entidades. A preocupação da CTI Nordeste era garantir a participação do turismo no plano de desenvolvimento da Sudene. Luiz Gonzaga assegurou o processo da inclusão, afirmando que “o turismo encabeça a lista de prioridades dessa gestão”.

O primeiro dos muitos trabalhos conjuntos previstos será o planejamento de uma nova malha aérea para o Nordeste. Segundo Roberto Pereira, os secretários de turismo dos estados da região estão discutindo a deficiência nesse setor há algum tempo. “A demanda é grande e os voos não atendem essa necessidade. É preciso melhorar esse serviço” comenta Pereira.

A Sudene está elaborando um estudo dos defeitos da malha aérea, no qual sugere ações para melhorá-la e pretende adicionar as informações fornecidas pela CTI-NE nesse documento, que será apresentado no próximo encontro do Conselho Deliberativo da Sudene (CONDEL), no dia 29 de julho.

“A CTI-NE terá um papel importante, pois poderemos realizar um intercâmbio de informações entre as duas entidades, o que nos ajudará no acesso a dados como o fluxo de passageiros, essencial para delinear o foco do trabalho”, explica Luiz Gonzaga.

No encontro foi agendada uma reunião para a primeira semana de julho entre o superintendente da Sudene e os secretários de Turismo dos estados do Nordeste. “O encontro será proveitoso, pois poderemos fornecer as informações específicas de cada estado”, comenta Roberto Pereira.

AZUL inicia operações em Porto Velho


A Azul Linhas Aéreas estreou ontem o primeiro voo rumo a Porto Velho, via Cuiabá. A aeronave, um Embraer 195, com capacidade para 118 assentos, decolou com ocupação acima dos 85%. Na etapa seguinte, partindo da capital rondoniense com destino a Manaus, o voo saiu lotado, com 100% de ocupação.

Com voos ligando Porto Velho a Manaus e Cuiabá, a Azul passa a operar em uma rota de grande demanda no Norte do País. “O primeiro dia da nova operação já nos dá uma prévia do enorme potencial da região. Passamos a oferecer um serviço aéreo de qualidade entre três grandes cidades, com horários convenientes e preços muito competitivos”, afirma o vice-presidente comercial, Marketing e TI da Azul, Paulo Nascimento.

Em Cuiabá é possível fazer ainda conexão direta para Campo Grande. Mais informações sobre horários e tarifas no www.voeazul.com.br.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Gol segue como companhia aérea de baixo custo

A chegada de um executivo do mercado de luxo ao comando da Gol não mudará o modelo de negócios, garante o controlador da companhia. "Seguiremos como uma empresa de baixo custo", disse à Folha Constantino de Oliveira Júnior, 43. 

Controlador e presidente desde 2001, Constantino Júnior, passará o comando para Paulo Kakinoff, atual presidente da Audi, a partir de 2 de julho. Ele diz que sua saída é parte de um processo de profissionalização da gestão, sem relação com eventual pressão de acionistas devido ao fraco desempenho da aérea em 2011, com prejuízo de R$ 710 milhões. 

"Ninguém me pressiona mais do que eu mesmo. Sou o mais interessado para que a companhia dê certo."O empresário conta que conheceu "Kaki" pouco antes deste assumir uma vaga no Conselho de Administração da Gol, em 2010. "Houve uma química muito boa. Ele tem uma habilidade pessoal muito grande, que será boa para o dia a dia da empresa." 

O empresário, que chegou a figurar na lista dos bilionários da Forbes, diz que assumirá um papel institucional, de relacionamento com governo. "Não espere me ver cochilando em reunião. Vou trabalhar na mesma intensidade, pensando em questões estratégicas."

Avianca confirma voos em Maceió e novas frequências nos destinos atendidos



Além de anunciar a chegada de oito aviões, o presidente da Avianca Brasil, José Efromovich, aproveitou a oportunidade para confirmar Maceió como o 26º destino operado pela empresa a partir de setembro. De acordo com Efromovich, no início serão duas rotas: Brasília/Maceió/Brasília e Rio de Janeiro/Maceió/Rio de Janeiro. “Com a implementação dessa operação, passaremos a atender todas as capitais da região Nordeste”, disse.  

Outra novidade na malha será o aumento de frequências entre as cidades que já são atendidas pela empresa. Em julho a empresa já duplica sua presença em Natal com o um voo oriundo da capital federal. A ideia é ampliar o número de voos diretos entre as principais capitais. “Nosso objetivo é passar de 147 voos diários operados diariamente para 200 até o final de 2012”, concluiu. 

Aviação regional - Aeroporto de João Pessoa é o mais prejudicado

A aviação regional tem sido discutida por muitos políticos, mas o apoio as companhias aéreas menores, ou as principais companhias aéreas que incentivarem a ligação aérea regional não saem do papel. A região nordeste é uma das regiões que mais sofrem com essa questão, uma vez as principais companhias aéreas só se interessam em ligações a grandes centros (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília etc). 

Atualmente essa questão tem foi um pouco amenizada na região, com o grande aumento de voos da maior companhia aérea regional do país - Trip Linhas Aéreas, e que de certa forma influenciou as companhias aéreas maiores (TAM, Gol e Azul). Mesmo assim ainda há um enorme espaço de horários e destinos não atendidos. 

Entre as capitais nordestinas, a que possui menor quantidade de voos para outras capitais da região é João Pessoa (PB). Hoje a cidade possui apenas um voo diário para Recife (TAM Linhas Aéreas), e outro para Salvador (Gol Linhas Aéreas). A companhia aérea regional TRIP ainda não opera na capital paraibana, e as que operam possuem longas conexões para ligar cidades tão próximas.

As únicas capitais que possui ligação aérea para todas as outras capitais na região são Recife e Salvador. A capital do Ceará - Fortaleza, só não entra nessa lista porque não possui voo sem conexão para João Pessoa; e Aracaju por não possui voo para João Pessoa e Teresina. A ligação aérea entre o Ceará e a capital paraibana ja foi pedida as companhias aéreas, uma vez que há demanda entre as cidades, e que essa ligação facilitaria conexões dos passageiros para a região norte.

Embarcando de João Pessoa para Aracaju, por exemplo, o voo mais rápido tem duração de oito horas (com conexão em Brasília), o que poderia ser realizado em pouco mais de uma hora em voo direto. Agora embarcando do aeroporto paraibano, para Teresina, por exemplo, o passageiro pode levar mais de 15 horas para chegar até o Piauí. O pior exemplo está no trecho João Pessoa à Natal (capital vizinha), um voo que teria duração de aproximadamente 40 minutos, tem duração de mais de 7 horas se o passageiro optar pela TAM, e mais de 9 horas se optar em voar pela Gol; as companhias aéreas Avianca, e Azul não disponibilizam esse trecho.

Com esses exemplos já podemos observar porque o movimento de passageiros no Aeroporto Internacional de João Pessoa não é ainda maior, uma vez que os passageiros que precisam se deslocar da Paraíba a outros estados da região preferem efetuar a viagem de ônibus, ou embarcar de avião via Recife. O descaso das companhias aéreas com os paraibanos vem de longa data. Os passageiros se sentem frustrados só em pensar que um voo de no máximo 40 minutos, se transforma em uma guerra de conexões em aeroportos do sudeste e Brasília.

"Quero mesmo saber até quando essas companhias aéreas vão deixar de ligar João Pessoa a outras capitais do nordeste, isso é um abuso, estou indignada! Sai de São Luís ontem a tarde, olha a hora que estou chegando aqui? Tudo bem que eu sabia, quando comprei a passagem, mas só topei por falta de opção" Afirma uma passageira revoltada ao desembarcar no Aeroporto de João Pessoa.

Além da necessidade de voos para outras capitais, à Paraíba pede as companhias aéreas que dupliquem a ligação com Recife e Salvador, melhorem os horários de chegadas e partidas, e inclusão uma ligação sem conexões para a região sul. A melhor forma de integrar João Pessoa as outras capitais do nordeste seria um voo com muitas escalas, como por exemplo, o voo da TAM no trecho Manaus/Aracaju, com escalas em Santarém, Belém, São Luis, Fortaleza e Recife. Vamos continuar a luta, para que as companhias aéreas melhorem suas ligações dentro do nordeste, principalmente com a que mais sofre - João Pessoa.

Copa Airlines oficializa entrada na Star Alliance

Quatro dos principais diretores da Copa Airlines recebem neste momento, na sede da companhia, um grupo de mais de 50 jornalistas internacionais para uma entrevista coletiva que oficializa a entrada da empresa na Star Alliance.

O presidente executivo da aérea, Pedro Heibron, afirmou que a Copa quer se posicionar como o principal hub entre cidades do continente americano. “Um de nossos pontos fortes é a posição geográfica do Panamá, bem no coração da América. Temos um aeroporto com infraestrutura adequada, que cresce conosco. É possível dizer que unimos mercados que necessitam de conexão, boa parte deles de cidades não tão grandes”, comentou.

O presidente lembrou que, no ano passado, a Copa cresceu 20% em capacidade, passou a operar em nove novos destinos e adquiriu dez aeronaves B737-800. “Atualmente, 50% de nossos passageiros têm o Panamá como origem ou destino, o restante são de conexão”. Sobre o ingresso na Star Alliance, Heilbron afirmou que um dos principais benefícios para os clientes será a unificação dos programas de passageiros frequentes.

O CFO da Copa, Victor Vial, destacou o bom momento da aviação na América Latina, região que registrou crescimento de 10% no tráfego aéreo no ano passado: “Para os próximos 20 anos espera-se que este incremento tenha continuidade, algo que deve seguir beneficiando nosso hub no Panamá.”

A pontualidade e o baixo índice de voos cancelados (99,5% dos voos programados pela Copa são cumpridos) foram fatores evidenciados pelo vice-presidente de Operações da companhia, Dan Gunn. Ele também lembrou da expansão do aeroporto do Panamá. “Este ano terminamos este projeto, que consumiu US$ 100 milhões. O ponto positivo de nosso aeroporto é que, ao contrário de muitos outros, ele possui área para seguir crescendo. Uma licitação já foi aberta para a construção de 20 portões adicionais.”

Desembarques internacionais crescem mais de 4%


Dados divulgados hoje pela Infraero apontam que o número de desembarques internacionais chegou a 3.890.492, entre janeiro e maio deste ano, o que representa crescimento de 4,95% em relação ao mesmo período de 2011.

As informações mostram, ainda, 714.672 desembarques internacionais de passageiros em aeroportos brasileiros no mês de maio deste ano, maior número da série histórica para o mês, superando o antigo recorde de maio de 2011, com 707.122 desembarques.

“O crescimento constante dos dados relativos ao turismo, batendo seguidos recordes, nos dão certeza que estamos no caminho certo para atingir a meta de 10 milhões de turistas estrangeiros por ano, após a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro”, avalia o presidente da Embratur, Flávio Dino.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Gol Linhas Aéreas anuncia que trocará de presidente

A empresa, Gol Linhas Aéreas Inteligentes vai mudar de comando. Constantino de Oliveira Júnior deixará o cargo de presidente da companhia e será substituído por Paulo Sérgio Kakinoff. A posse de Kakinoff está marcada para o dia 2 de julho. Constantino ficará no Conselho de Administração, segundo informou a companhia aérea em comunicado divulgado nesta segunda-feira (18) à noite.

A vinda de Kakinoff representa mais um avanço na governança da companhia e somará histórias de realização, além de trazer uma nova dinâmica e ampla experiência em gestão”, disse Constantino Junior, em nota. Paulo Kakinoff é formado em administração de empresas pela Universidade Mackenzie, com pós graduação em Gestão Internacional. Era presidente da Audi Brasil, mas também passou, anteriormente, pela Volkswagen do Brasil e pelo Grupo Volkswagen na Alemanha.

"O Conselho terá foco nas questões estratégicas, de forma atuante, no qual é fundamental a liderança e experiência de Junior, que irá somar na busca do objetivo comum que é o crescimento sustentável e o sucesso da Gol”, afirmou Kakinoff, em nota. De acordo com a empresa, apesar dessas mudanças, a "estrutura organizacional" seguirá sem alterações, incluindo a composição do Conselho.

Nos últimos meses, a Gol vem anunciando uma série de mudanças no seu plano de negócios, que inclui fim de serviços gratuitos de bordo e demissão de funcionários. No dia 1º de junho, a companhia informou que 190 tripulantes seriam demitidos. Segundo comunicado da empresa, os desligamentos de funcionários ocorreriam "dando continuidade ao seu processo de adequação à nova realidade do mercado, para manter seu plano de negócios disciplinado e a sustentabilidade de sua operação".

Em abril, a companhia aérea já havia anunciado a redução de sua estrutura administrativa, eliminando uma vice-presidência (de Clientes e Mercado) e quatro posições de diretoria. Também foram suprimidas 26 posições de gerências média e sênior. Ao todo, foram eliminados 31 cargos. Na ocasião, a companhia justificou a decisão "em função de suas iniciativas de adequação à nova capacidade operacional e ao ambiente macroeconômico".

Também houve reflexos para os passageiros. A última mudança diz respeito a cobrança de  uma taxa, a partir de R$ 10, para os passageiros que quiserem reservar assentos nas saídas de emergência dos aviões, onde há mais espaço. Outra medida adotada pela empresa em abril foi a suspensão do serviço de bordo gratuito nos voos que oferecem a opção de serviço de bordo pago. Dos 900 voos operados diariamente pela empresa, cerca de 180 possuem o serviço pago. Nos demais voos, permanece o serviço gratuito, de acordo com a companhia. A suspensão começou a valer em 16 de março.

Fonte: G1
Foto: Agencia Estado

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Balanças de check-in irregulares nos aeroportos paulistas


Uma operação realizada na quarta-feira passada (13) pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estados de São Paulo (Ipem-SP) constatou erros em centenas de balanças utilizadas no check-in de passageiros nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. Em Cumbica, dos 200 instrumentos verificados, 30 estavam desregulados. Em Congonhas, das 37 balanças  fiscalizadas, 14 estavam irregulares.

Segundo o instituto, os maiores erros encontrados foram balanças que pesavam 3,5 quilos a mais e 7,5 quilos a menos. Os dois instrumentos são do Aeroporto de Guarulhos. “Balanças que registraram peso inferior ao real peso da bagagem se tornam um risco para o consumidor, pois os aviões acabam decolando com peso acima do estimado”, alerta o superintendente do Ipem-SP, José Tadeu Rodrigues Penteado.

No dia da operação foram checadas 237 balanças nos dois aeroportos e 44 estavam irregulares. Dessas 44, 33 foram interditadas e foram lavrados autos de infração para 36. As oito restantes os fiscais do Ipem-SP não conseguiram nem mesmo acionar o funcionamento. As multas aplicadas pelo instituto variam entre R$ 100 e R$ 1,5 milhão. Os autuados têm o prazo de 10 dias para apresentar defesa administrativa.

Erros foram encontrados em balanças da Tam e da Gol nos dois aeroportos. Avianca, Iberia, Air France e Alitalia também estavam com instrumentos irregulares em Guarulhos.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vencedores de leilão de aeroportos assinaram contrato

Os vencedores do leilão dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília, os três maiores do País, assinaram nesta quinta-feira os contratos de concessão. Logo após, elogiaram a equipe da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), mostraram entusiasmo com seus projetos, mas não anunciaram nenhuma novidade que já não constasse dos projetos divulgados. As assinaturas foram feitas em Brasília e contou com representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da Secretaria de Aviação Civil (SAC) e da Infraero.

O representante do consórcio Invepar, Gustavo Nunes Rocha, salientou que o aeroporto que passa a ficar sob a gerência do grupo, o de Cumbica (Guarulhos-SP) é a porta de entrada no Brasil e, atualmente, é o maior aeroporto do País. "E um grande desafio. Esta é uma oportunidade e uma grande honra para o grupo poder participar desse novo momento", disse em seu discurso, destacando que o grupo irá dobrar a estrutura do aeroporto, conforme consta do projeto.

Já o representante da Inframérica Aeroportos, José Antunes Sobrinho, vencedor do leilão do aeroporto de Brasília, disse que o grupo está ciente da importância do projeto e de sua grande responsabilidade. Ele salientou que é preciso ampliar o aeroporto e realizar muitas outras tarefas a partir de agora. "E tudo isso tem que ser feito com rapidez, garantir que o usuário fique satisfeito com o serviço", pontuou. "Podemos dizer que estamos nos preparando para uma boa arrancada e, em poucos meses, os usuários notarão a diferença", continuou.

Por seu lado, o representante do consórcio vencedor do aeroporto de Campinas, Aeroportos do Brasil, João Santana, disse que o governo entendeu a importância de lançar mais uma etapa de infraestrutura brasileira. "O Estado entendeu que é preciso liberar áreas para que o setor privado venha. Sabemos que temos missão grande e importante", comentou. Ele disse que o aeroporto de Viracopos talvez seja o primeiro a operar em três pistas em simultaneidade e que talvez seja o maior deles no futuro. "Em dois meses já haverá um novo terminal para que o usuário entenda que essa ação é pra valer."

Fonte: Agencia Estado

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Primeiro voo com biocombustivel da Gol será próxima terça

A Gol Linhas Aéeras vai operar na próxima terça-feira (dia 19) o primeiro voo com biocombustivel. O combustível atende às especificações do protocolo D7566, que trata do processamento de óleo vegetal e gorduras animais para produzir o bioquerosene de aviação.

O voo decolará às 12h40 do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e pousará às 13h42 no aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

"O bioquerosene será um divisor de águas no volume de emissões do setor. Nosso propósito é contribuir com todas as iniciativas que envolvam o biocombustível por meio de colaboração, apoio e incentivo, para que a aviação continue crescendo e, ao mesmo tempo, ofereça um serviço menos impactante para o planeta", explica o vice-presidente técnico da Gol, Adalberto Bogsan.

Bogsan ainda destaca outras iniciativas da companhia na busca de redução dos impactos ambientais. “Recebemos homologação para operar a aproximação RNP-AR-Approach no Aeroporto Santos Dumont, procedimento que reduz o ruído, o tempo de viagem, economiza combustível e diminui a emissão de gases poluentes na atmosfera”, completa.

GOL deixará de voar para Santiago a partir de outubro

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes informa que descontinuará, a partir de 03 de outubro, os voos regulares para Santiago (Chile). A decisão baseou-se em estudos de viabilidade da rota realizados por departamentos especializados da companhia.

A GOL destaca que está tomando as devidas providências para reacomodar ou reembolsar clientes com passagens compradas para viagens após as datas de suspensão dos voos. Informações adicionais podem ser obtidas com a Central de Relacionamento com o Cliente (CRC), por meio do Atendimento Online, disponível no site da companhia (www.voegol.com.br), ou do e-mail acomodacao@golnaweb.com.br.

Com a fusão da TAM com a LAN, e a saída da GOL significa que não teremos nenhuma empresa grande fazendo Brasil – Chile, a não ser  as empresas da LATAM. A aviação civil vive um fase complicada no mundo todo e isso força as empresas a enxugar suas operações para saírem do vermelho e continuar no mercado. A notícia é ruim, mas abre oportunidade para empresas menores como Azul e Avianca estudarem as rotas, e começar suas operações internacionais.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Preso homem acusado de fumar no banheiro de avião da TAM

Foi preso em flagrante na noite de terça-feira, em Natal, no Rio Grande do Norte, um homem acusado de fumar escondido dentro de um dos banheiros da aeronave da TAM e provocar tumulto durante um voo entre Rio de Janeiro e Belém, na segunda-feira, segundo informou a Polícia federal.

O empresário natalense, do ramo de alimentos, de 37 anos, residente no Distrito Federal, foi preso no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, na noite da terça-feira. Os agentes da polícia foram avisados pela companhia aérea que um dos passageiros havia desrespeitado as normas de segurança e a proibição de não fumar, o que gerou bate-boca e um princípio de tumulto com outros viajantes, indignados com a atitude do homem.

Assim que a aeronave pousou, o homem foi levado até a sala da PF no aeroporto e seguiu para a Superintendência da PF, onde foi autuado. Ele continuava preso nesta quarta-feira, à disposição da Justiça. Durante os depoimentos, o comandante do voo e uma das comissárias de bordo confirmaram que durante todo o trajeto daquela viagem o passageiro apresentou um comportamento "agitado" e, ao sair do banheiro, foi sentido um forte cheiro de fumaça no ambiente. O sanitário foi inspecionado e foram encontradas as "bitucas" de cigarro, bem próximo ao protetor de papel, o que poderia facilmente ter gerado um incêndio. O suspeito negou a acusação.

Na última segunda-feira, um princípio de incêndio em outra aeronave da TAM obrigou o piloto a fazer um pouso de emergência em Brasília. O Airbus A320, que fazia o voo JJ 3420, havia saído pouco depois das 9h30 do Rio de Janeiro com destino a Belém, com 126 passageiros, que foram transferidos de aeronave e só puderam seguir para Belém às 16h01.
 
Fonte: Uol

Aeroporto de Las Vegas inagurará novo terminal


O Aeroporto Internacional McCarran, em Las Vegas, inaugura no dia 27 de junho, os primeiros voos no Terminal 3 (T3). Com 176 mil metros quadrados, o terminal ganhou áreas adicionais de check-in, esteiras de bagagens, postos de segurança e estacionamento.

Além dos sete portões para receber voos internacionais e dos sete reservados às rotas domésticas, o T3 também vai dar suporte ao tráfego de passageiros nas 26 portas do saguão D.

Para divulgar o novo terminal e orientar os passageiros, as autoridades do aeroporto lançaram um guia completo com fotos, dados, mapas, rotas, lojas, restaurantes e companhias aéreas que irão operar no novo espaço.

Anac assina contratos de concessão de aeroportos


Os contratos de concessão para ampliação, manutenção e exploração dos aeroportos internacionais de Guarulhos e Viracopos, em São Paulo, e Brasília serão assinados amanhã entre a Anac e os concessionários. A cerimônia será realizada no auditório do 1º andar na sede da agência e contará com a presença do ministro da Secretaria da Aviação Civil (SAC) da Presidência da República, Wagner Bittencourt, e da diretoria da Anac.

GOL cobrará por reversas de assentos

Na busca de sair dessa "crise", a Gol Linhas Aéreas Inteligentes passará a comercializar a marcação de alguns assentos em suas aeronaves. Os clientes poderão adquirir, a partir de R$ 10, os assentos localizados nas saídas de emergência. Para quem voa com Tarifa Flexível ou Smiles Any Day esse novo produto estará disponível sem custos adicionais.

A companhia ressalta que para ocupar esses lugares, os passageiros devem estar aptos a seguir as instruções de segurança em caso de imprevistos, ler as regras, que estarão divulgadas no website da empresa, e concordar com elas.

A Gol também já comercializa comida a bordo de seus voos. A taxa para reservas de assentos entra em vigor a partir do dia 21.

AZUL reabre inscrições para curso de comissários


A Academia de Serviços da Azul  (Asa) reabriu as inscrições para a primeira turma do curso de comissários de bordo, que terá início no mês que vem. Para participar, o candidato deve cadastrar o seu currículo no www.voeazul.com.br/asa até 22 de junho e preencher os seguintes requisitos: ter 18 anos, ensino médio completo, disponibilidade para estudar em Barueri (SP) e não ter feito nenhum outro curso preparatório para comissários de voos.

Lançado em maio, o curso recebeu mais de 400 inscrições em menos de 24 horas. Porém, como muitos candidatos não preenchiam os pré-requisitos, foram eliminados no processo de triagem e seleção de profissionais. Vale ressaltar que no período do curso, todas as despesas com deslocamento, hospedagem e alimentação não serão de responsabilidade da Azul.

Ainda de acordo com o site Panrotas, entre os diferenciais do programa da Asa em relação aos oferecidos pelo mercado, estão o conteúdo, o valor do investimento e as condições de pagamento. O curso custa R$ 2 mil e pode ser parcelado em até dez vezes sem juros.

Aeroporto de Congonhas com 40% dos voos cancelados

Mesmo abrindo para pousos e decolagens em seu horário normal, às 6h desta quarta-feira (13), o aeroporto de Congonhas registrava altos índices de voos cancelados e atrasados por volta das 9h, reflexo dos problemas enfrentados nesta terça-feira (12), quando as operações foram suspensas pela manhã e à noite devido à neblina. Diversas pessoas que tinham voos marcados para a noite desta terça acabaram dormindo no aeroporto, e voltaram a enfrentar dificuldades nesta manhã.

Segundo o último balanço da Infraero, entre 6h e 8h Congonhas tinha 32 partidas programadas. Destas, 13 foram canceladas, o que corresponde a 40,6%. Outras 8 sofreram atrasos, ou 25%. As operações eram feitas com o auxílio de instrumentos.  Com o fechamento do aeroporto na noite de terça, muitas aeronaves que deveriam estar em Congonhas nesta manhã não passaram a noite no aeroporto. Com isso, foi preciso cancelar voos nesta manhã.

Duas mulheres que embarcariam para Belo Horizonte por volta das 20h37 de terça permaneciam no aeroporto na manhã desta quarta. A aposentada Maria da Conceição Gatti, de 72 anos, veio com a sobrinha Arina Lopes de Lima, de 32 anos, para o enterro de uma familiar em São Paulo.

“Nós nem aguardamos a cerimônia de cremação porque tínhamos o voo programado e acabamos passando a noite nesses bancos do aeroporto”, contou. Ela tem osteoporose e artrose e não trouxe os remédios, porque passaria apenas um dia na capital paulista. “Estou sem mala e sem os meus remédios. Não tinha nem agasalho para passar a noite assim. Estou cheia de dores. Não consegui fechar o olho.”

Arina, que também não trouxe mala, também estava exausta e reclamou do atendimento da Gol. Segundo ela, a companhia não ofereceu alojamento para as duas. “Disseram que nos pagariam um táxi. Argumentei que eu não tenho casa em São Paulo e eles disseram que a prioridade era para os passageiros que estavam em conexão”, disse. “Nem lanche eles pagaram”, disse a aposentada. “Eu tenho dois filhos, um de 4 anos e um de 1 ano e meio. A sorte é que a minha sogra me ajuda e ficou com eles até o meu marido voltar do trabalho. É muita falta de respeito”, disse.

De acordo com a Gol, cerca de 2 mil passageiros precisaram de algum tipo de atendimento desde terça. Cerca de 200 vagas de hotel foram ocupadas por passageiros da companhia. Ainda segundo a empresa, a maioria deles era de São Paulo. Para esses, a empresa custeou as despesas com o táxi para que voltassem para casa. A Gol estima que 30 passageiros tiveram que passar a noite no saguão do aeroporto, porque, apesar dos esforços, a empresa não conseguiu localizar mais vagas disponíveis em hotéis no município. A respeito das passageiras que conversaram com a reportagem, a companhia ainda não se manifestou.

Fonte: G1

terça-feira, 12 de junho de 2012

TAP comemora um ano de voos em Porto Alegre

A ligação direta de Porto Alegre a Lisboa, em Portugal, completa um ano nesta terça-feira, 12. O prefeito da capital gaúcha, José Fortunati, e o secretário municipal do Turismo, Raul Mendes da Rocha, participaram da comemoração, que foi realizada no Plaza São Rafael, com a presença do diretor da Tap no Brasil e América do Sul, Mário Carvalho.

Carvalho apresentou os resultados desde o primeiro voo da capital gaúcha até Lisboa. Segundo ele, cerca de 83 mil passageiros fizeram a rota POA-Lisboa-POA, dos quais cerca de 65 mil viajaram de Porto Alegre a Lisboa. Além disso, Carvalho destacou que neste um ano a rota transportou 950 toneladas de cargas de importação e 300 de exportação.

Inicialmente a linha Porto Alegre-Lisboa operava com três voos semanais. Hoje são quatro voos por semana. O diretor salientou que o objetivo maior da empresa é realizar voos diários à Europa. Além disso, informou que a companhia já iniciou a rota Porto Alegre–Lisboa–Berlim.

Fortunati falou da importância do voo, "que colocou Porto Alegre no cenário mundial". Lembrou que até 2010 o turismo gaúcho foi "esquecido pelo governo federal". “Não fazíamos parte dos materiais da Embratur e do Ministério do Turismo no Exterior, a publicidade ia até Foz do Iguaçu”, lamentou.

“O volume de passageiros no primeiro ano ultrapassou todas as expectativas, com grande fluxo de pessoas e cargas. Isso faz com que nossa relação com a Europa se dinamize, oportuniza novos negócios, e é muito bom para a nossa economia”, afirmou o prefeito, enfatizando o interesse da gestão em fomentar e impulsionar a vinda do turistas europeus a Porto Alegre.

Segundo a Infraero houve um crescimento de 73% no fluxo de passageiros internacionais no Aeroporto Salgado Filho nos primeiros quatro meses de 2012, na comparação com o mesmo período de 2011. O crescimento foi influenciado pelas novas rotas internacionais para a capital oferecidas pela Tap, Taca (Lima) e Copa Airlines (Cidade do Panamá).

A Tap hoje tem dez voos entre o Brasil e a Europa, partindo de Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. São mais de 70 frequências semanais entre o Brasil, Europa e África. A malha da companhia compreende em 50 destinos em toda a Europa e 14 na África.

Aeroporto de João Pessoa teve aumento de 25% na movimentação de passageiros


O movimento do Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, em maio, apresentou o maior aumento do ano no setor de desembarque de passageiros, com um crescimento de 25,72%, em relação ao mesmo período do ano passado. No mês, desembarcaram 46.273 passageiros, contra 36.807 passageiros, que cruzaram os portões do aeroporto em maio do ano passado.

Os dados são da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), com informações das companhias aéreas. No setor de embarques de passageiros, também houve aumento em relação ao mesmo período do ano passado. 46.615 passageiros embarcaram em maio deste ano, contra 41.364 passageiros em 2011, representando um aumento de 12,69%.

Somados embarques e desembarques, o Castro Pinto registrou um movimento de 41.218 passageiros em maio deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Nos cinco primeiros meses de 2012, 500.711 passageiros já cruzaram os portões do aeroporto, contra 459.493 passageiros no ano passado.

TAM Linhas Aéreas deixará a Star Alliance

 
A TAM Linhas Aéreas acaba de divulgar, em comunicado no site da Bovespa, o adiamento por dez dias do leilão de permuta de suas ações para a fusão com a chilena LAN. Com isso, a criação da Latam deve ocorrer oficialmente no dia 22 de junho, data em que a companhia brasileira também terá de deixar a aliança global Star Alliance para se unir à Oneworld, onde a LAN é membro.Por outro lado, Copa e Avianca devem ingressar na Star Alliance de maneira oficial no dia 21, selando as trocas de posições entre as companhias latino-americanas. 

Segundo o comunicado divulgado ainda a pouco no site da Bovespa, o leilão será realizado no dia 22, a partir das 10 horas. De acordo com as restrições impostas pelos governos do Brasil e do Chile para aprovar a fusão, as companhias não poderiam integrar duas alianças globais, como ocorre hoje. Apesar de não terem anunciado oficialmente ainda, é certo que o novo grupo permanecerá na Oneworld, conforme vontade da LAN.

Tanto é verdade que a Star Alliance já marcou a entrada de seus novos membros – a Avianca/Taca e a Copa – para o dia 21 de junho. De acordo com o governo do Chile, a Latam e a Avianca jamais poderão pertencer à mesma aliança global, como forma de incentivar a concorrência entre as mesmas. Dessa forma, a entrada da Avianca sacramenta a saída da TAM da maior aliança entre companhias aéreas do mundo.

Segundo a imprensa internacional, a entrada das novas companhias na Star Alliance será feita ao mesmo tempo, com eventos em Bogotá, sede do grupo Avianca/Taca e na Cidade do Panamá, hub da Copa. Vale destacar que a Avianca Brasil, apesar de ser do mesmo dono e ter o mesmo nome, não faz parte oficialmente do grupo e continuará fora da Star Alliance, já que seu programa de milhagem – o Amigo – infelizmente não é integrado ao LifeMiles.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

TAM faz pouso de emergencia devido a fogo no banheiro


A TAM informou ao G1 que o voo JJ 3420, que partiu do Galeão às 9h32, "alternou o pouso para Brasília devido a uma suspeita de fogo na lixeira de um dos banheiros". De acordo com a empresa, "a aterrissagem aconteceu em segurança, e a Polícia Federal foi acionada para apurar a ocorrência".

O agente da Polícia Federal Clélio Rebouças informou que foi constatada fumaça na lixeira de um dos banheiros traseiro e em outro dianteiro da aeronave foi encontrado restos de papéis queimados, mas que todo o incidente foi controlado ainda durante o voo.

"Há possibilidade de ter sido intencional, até porque alguns comissários informaram que sentiram cheiro de álcool dentro do banheiro. Agora, está sendo realizada a perícia no avião. Todas as bagagens e passageiros serão vistoriados. A polícia quer identificar o passageiro que pode ter causado esse foco de incêndio", disse Rebouças. Após o pouso, a Polícia Federal iniciou a inspeção da bagagem dos passageiros. Segundo a PF, no momento do incidente, 126 passageiros estavam dentro do Airbus A320 da TAM.

O produtor cultural Rodrigo Viellas disse que percebeu que havia algo após cerca de uma hora do início do voo, porque as entradas do banheiros haviam sido bloqueadas. Segundo ele, o avião ainda levou cerca de 40 minutos para pousar após o aviso do piloto de que havia sido encontrado material queimado nos banheiros.

Viellas disse que não sentiu cheiro de queimado, nem viu fumaça no avião. “Não é confortável viajar cerca de 40 minutos sabendo que algo pegou fogo, mesmo não tendo visto nenhum tipo de fumaça”, disse.

O produtor cultural afirmou que não houve pânico entre os passageiros, apesar de o piloto aparentemente ter esquecido o rádio aberto ao falar com a tripulação sobre o problema. O comandante teria dito que só comunicaria sobre o incidente após pousar em Brasília, mas menos de cinco minutos depois ele relatou aos passageiros o problema.

Às 12h50, ele disse que ainda não havia previsão para embarque a Belém. Se não fosse interrompido, o voo deveria chegar às 13h à capital do Pará.

Aéreas devem lucrar US$ 3 bilhões em todo mundo

A International Air Transport Association (Iata) divulgou novos prognósticos para a aviação mundial este ano. O lucro das empresas aéreas no mundo deve ficar em US$ 3 bilhões, o mesmo previsto em março passado. Segundo a Iata, não houve uma revisão para baixo nesse número pois houve uma queda no preço do combustível, assim como um crescimento acima do esperado no transporte de passageiros e o início da recuperação no mercado de carga aérea. Essa previsão também não foi revisada para cima por causa do aumento da crise na Europa.

Esse será o segundo ano de declínio dos ganhos das empresas aéreas depois do pico de US$ 15,8 bilhões em 2010, com uma margem neta de 2,9%. No ano passado, os lucros caíram para US$ 7,9 bilhões e a margem para 1,3%. Este ano, com os US$ 3 bilhões de lucro previstos, a margem será de apenas 0,5%. Empresas aéreas norte e latino-americanas têm as melhores perspectivas de recuperação. Já as companhias europeias, asiáticas e do Oriente Médio receberam downgrade. As europeias, anteriormente com previsão de US$ 600 milhões, agora devem perder US$ 1,1 bilhão ano ano.

"Os US$ 3 bilhões de lucro previstos para a indústria não foram alterados. Mas quase tudo na equação teve alteração. A demanda tem estado melhor do que o esperado e o preço do combustível também caiu em relação ao que esperávamos. Mas há a expectativa de fraqueza econômica a caminho. A crise na zona do euro está no caminho da rentabilidade e continuamos a prever uma margem neta de apenas meio ponto", disse Tony Tyler, diretor geral e CEO da Iata.

domingo, 10 de junho de 2012

Vai para o São João na Paraíba? Conheça também João Pessoa

Volta e meia, João Pessoa é apresentada como o último pedaço do Nordeste a ser descoberto. Em parte, é verdade: a Paraíba ainda é bem menos conhecida do que deveria. Mas seus descobridores tornam-se fãs – e não param de retornar. 
 
Uma das cidades mais antigas do Brasil, João Pessoa nasceu longe do mar, à beira do rio Sanhauá. Os bairros da orla são recentes e obedecem a um inteligente plano diretor, que limita a altura dos prédios das quadras próximas ao mar. Uma reserva de Mata Atlântica em plena área urbana, a Mata do Buraquinho, proporciona um excelente índice de área verde por habitante. 
 
É muito fácil se movimentar pela beira-mar – e sair à descoberta de novos segredos, tanto ao norte quanto ao sul da capital.Conheça melhor a capital da Paraíba - João Pessoa no link abaixo:

http://aeroportosbrasil.blogspot.com.br/2010/12/joao-pessoa-o-caribe-brasileiro.html