domingo, 31 de julho de 2011

AVIANCA inagurará o destino João Pessoa com A318


Amanha a Avianca Linhas Aéreas iniciará suas operações na capital paraibana. A empresa que já operou na cidade ainda como OceanAir volta à João Pessoa com um voo diário oriundo da capital federal. O voo está previsto para decolar de Brasília às 12:16h e pousar na capital paraibana às 14:45h, já no sentido inverso a aeronave voa rumo a capital federal às 15:15h, pousando em Brasília às 17:53h.

A novidade para o voo inaugural da empresa na Paraíba será a utilização das suas mais novas aeronaves - A318 (segundo o site da empresa). Com capacidade para transportar 120 passageiros em classe única. O A318 apresentará a empresa a cidade João Pessoa, mas na terça-feira os voos voltam a serem operados por Fokker-100.

A Avianca aos poucos vem modernizando suas aeronaves. A empresa pretende trocar seus aviões por aparelhos maiores; a aquisição de A318 e A319 garantem a empresa e aos passageiros maior disponibilidade de assentos. A empresa fecha 2011 fortalecendo sua presença no nordeste com ínicio de operações em Natal, João Pessoa e Ilhéus e duplicação de voos em Aracaju.

sábado, 30 de julho de 2011

Avião com 162 passageiros sai da pista e se parte em dois


Um avião da Caribbean Airlines, vindo de Nova York e com 162 pessoas a bordo, saiu da pista durante a aterrissagem neste sábado na Guiana, segundo as autoridades locais.

O acidente ocorreu no aeroporto internacional Cheddi Jagan, próximo à capital, Georgetown. Chovia bastante na hora. Havia 154 passageiros e 8 tripulantes a bordo. Várias pessoas tiveram de ser resgatadas do interior da aeronave, segundo os bombeiros. Os passageiros tiveram de sair pela porta de emergência.

O ministro da Saúde, Leslie Ramsammy, disse que um passageiro teve uma perna fraturada e outros tiveram ferimentos leves. A aeronave, um Boeing 737-800, quebrou-se em duas após sair da pista e deslizar por uma encosta. O aeroporto ficou fechado temporariamente para pousos e decolagens.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Viagem - Londrina

Originalmente colonizada por ingleses, Londrina acabou fazendo justiça ao nome que lhe foi dado. A Londrina de hoje tem ares de metrópole: é a segunda maior economia do Paraná e uma das cidades mais importantes da região Sul do país. Mas a vida urbana não é pulsante apenas por causa da economia forte ou do tamanho da cidade: Londrina tem nada menos do que dez universidades, que atraem jovens estudantes do Paraná e estados vizinhos.

A terra fértil e as plantações de café trouxeram a prosperidade que fez Londrina crescer e ter pinta e porte de capital. A cidade conta com uma caprichada estrutura de serviços; aqui fica um dos maiores shoppings do Brasil, o Catuaí, com 135 mil m² construídos. O trânsito ordenado e as áreas verdes espalhadas por todo o território também são de dar inveja.

O que fazer?



Ciclovia, pista de cooper, anfiteatro e jardins projetados por Burle Marx: eis os segredos do lago Igapó. A represa é a principal área de lazer e verdadeiro cartão-postal da cidade, junto com a Mata dos Godoy, parque estadual com trilhas por áreas de floresta subtropical.

Na região central, quem dita o ritmo são os universitários, que lotam os bares, casas noturnas e restaurantes. Por falar neles, casas como a Strassberg, no distrito de Warta, são especializadas na saborosa carne de marreco, legado dos imigrantes alemães. O café, que depois de uma forte geada na década de 70 perdeu importância, ainda pode ser lembrado em passeios de agências que promovem a rota do café, em fazendas e fábricas de Londrina e cidades vizinhas.

Quando ir?

 A temperatura é amena a maior parte do ano, e um friozinho só aparece mesmo nas noites de inverno. Esta estação é justamente a mais seca – os períodos de chuva são mais frequentes no verão.

Quem quer agito deve visitar a cidade em junho, quando acontece o Festival Internacional de Londrina, um dos principais eventos de dramaturgia do país – que surgiu como um pequeno festival universitário. O autódromo internacional também atrai turistas nas etapas dos campeonatos de Stock Car e Fórmula Truck. Na chegada da primavera, os imigrantes japoneses celebram a estação das flores com o Festival Matsuri.

 
Como chegar?

As principais companhias aéreas do Brasil possuem voos para Londrina, são inúmeros destinos atendidos por elas e rápidas conexões para os demais destinos das empresas.


                       Ricardo Freire                                                           W.S.F
                          Autoria                                                  Presidente Aeroportos Brasil

Aviação doméstica brasileira foi a que mais cresceu no ano

A aviação doméstica brasileira cresceu 19% nos seis primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2010, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (28) pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). O crescimento foi o maior registrado pela entidade, superando China (7,8%), Índia (7,7%), Estados Unidos (2,5%), Japão (-21,7%) e Austrália (4,4%). No mundo, o mercado de aviação doméstica cresceu 4,0% no mesmo período.

De acordo com a Iata, o crescimento do mercado brasileiro foi impulsionado pelo "forte crescimento da renda das famílias no último ano". Ainda na comparação entre os primeiros semestres de 2011 e 2010, o tráfego global de passageiros - que inclui aviação doméstica e internacional - cresceu 6,5%.

No mês passado, o tráfego global de passageiros subiu 4,4%, na comparação com o mesmo mês do ano passado, enquanto a demanda por frete caiu 3%. Ainda em junho, o tráfego de passageiros na aviação doméstica no Brasil aumentou 15,1%, na comparação com junho de 2010. Os EUA tiveram crescimento de 1,3% do tráfego aéreo doméstico em junho, em bases anuais.

O tráfego de passageiros no mercado doméstico japonês continuou a sofrer os efeitos do terremoto que atingiu o país em março. A demanda recuou 24,6% em junho, em bases anuais. Em maio, a demanda tinha caído 27,8%. A China teve aumento de 5% do tráfego de passageiros, ante o crescimento de 14,6% no mesmo período de 2010 e de 10,4% em maio. A desaceleração da demanda na China foi resultado das medidas de política monetária que restringiram o poder de consumo. Já a Índia observou uma alta de 14% do tráfego de passageiros.

Fonte: G1, IATA

TAP amplia voos entre Porto Alegre e Lisboa

A Tap oferecerá uma nova ligação por semana entre Porto Alegre e Lisboa, no período de 16 de setembro a 28 de outubro. A operação, lançada em junho, passará de quatro para cinco voos por semana.

A nova frequência será realizada às sextas-feiras em aviões A330, com capacidade para 263 passageiros. As partidas em Porto Alegre serão às 21h40, com chegada em Lisboa às 12h20 do dia seguinte. No sentido inverso, os voos saem de Lisboa às 11h15 e chegam à capital gaúcha às 18h30.

A companhia portuguesa transportou cerca de 1,4 milhão de passageiros, entre Portugal e as nove cidades brasileiras em 2010, algo em torno de 2% a mais do que no ano anterior.

LAN deixa de voar Brasília


A Lan Peru anunciou que, devido ao aumento do preço do combustível, deixará de voar entre Lima e Brasília, a partir de 20 de outubro. No entanto, pela relevância do mercado dessa região, seus clientes continuarão a ser atendidos pelos voos da Tam e de outras companhias que também possuem código compartilhado com a Lan, além das pertencentes à aliança oneworld.

Passageiros que já haviam comprado passagens para Brasília, Lima, Miami ou algum outro destino, para data posterior a 20 de outubro próximo, poderão voar com Tam, American Airlines ou, ainda, com demais companhias que operam voos regulares para essas localidades.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Familiares das vítimas reclamam da parceiria GOL e NOAR

Pelo menos duas das 14 vítimas do acidente com a aeronave da Noar Linhas Aéreas, no dia 13 de julho, em Recife, compraram bilhetes pelo site da Gol Linhas Aéreas. É o caso da propagandista Débora Santos, 25, e do empresário André Freitas, 39.

"Minha filha nem sabia o que era Noar. Compramos o bilhete pela internet, no site da Gol, para ela fazer o trecho Recife/Natal pela Gol", diz a engenheira química Ângela Pontes, mãe de Débora. Ao se dirigir ao check-in da companhia, a passageira teria sido informada de que deveria se dirigir ao guichê da Noar, segundo relato do pai, que a acompanhou ao aeroporto de Recife.

A Gol confirma que a Noar utiliza os canais da Gol para venda de passagens desde 2010, em um sistema de parceria chamado interline. Segundo a companhia, no ato da compra da passagem, o cliente é informado de que o voo será operado pela Noar.

A Gol diz que, portanto, a responsabilidade é da Noar, "tanto pela operação, como pelo seguro de passageiros e aviões, controle e documentação de voo, manutenção das aeronaves e assistência a passageiros no caso de acidente ou incidente aéreo". A assessoria de imprensa da Noar afirma que todos "os 14 passageiros são da Noar, uma vez que estavam em um voo da companhia".

Passageiro - Embarque


Na última exibição da categoria Passageiro, falamos desde sua chegada ao aeroporto, passando pelo check-in e sua entrada no portão de embarque. Hoje o blog Aeroportos Brasil mostra o seu caminho do embarque até a aeronave. Confira:

Ao embarcar o primeiro lugar por onde você irá passar será pelo raio-x. Todos os passageiros obrigatoriamente passam pelo equipamento; é ele que "garante" sua segurança dentro da aeronave. Você colocará sua bagagem de mão na esteira do raio-x enquanto passa pela porta detectora. Assim que isso ocorre você retira sua bagagem de mão e vai procurar seu portão de embarque.

Em aeroportos de pequeno e médio porte, as salas de embarque são pequenas, o que facilita localizar seu portão. Já em aeroportos de grande porte, os portões de embarques são muitos, estes podem estar localizados em dois pisos (2 andares), mas sempre existem telas e placas que lhe auxiliaram na localização de seu portão de embarque.

A transição do aeroporto até a aeronave podem ocorrer de três formas: a pé - o portão é aberto e você caminha até sua aeronave; de ônibus - onde este estará em frente a seu portão de embarque, e lhe deixará na porta da aeronave; e pelo fingers (ponte de embarque) - onde você deixa o aeroporto através de um "túnel" e no fim dele já entra no avião.

O meio mais rápido e confortável de chegar a aeronave é atraves da ponte de embarque (fingers). Aeroportos que não possuem estas pontes ou ônibus traz muito desconforto para os passageiros, que muitas vezes em período chuvoso acabam se molhando do avião até a sala de desembarque.

Na próxima semana você discubrirá como será sua viagem após a decolagem até seu destino final. Aguardem...

Sorteio da copa interromperá voos no Santos Dumont

No próximo sábado (30), será realizado o sorteio dos jogos e cidades para as eliminatórias da Copa de 2014, às 15h, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro (RJ).

Em reunião realizada em junho, representantes do setor aéreo e companhias definiram que o aeroporto Santos Dumont ficará das 14 às 18 horas sem pousos ou decolagens e todos os 43 voos regulares previstos nesse horário poderão ser remanejados para o aeroporto internacional do Galeão. As companhias aéreas já iniciaram a reprogramação dos voos, horários e a comunicação aos passageiros que deveriam embarcar ou desembarcar nesse período no Santos Dumont.

A interrupção das operações no aeroporto Santos Dumont abrangerá o espaço aéreo compreendido em um raio de 3 km e altura de 5 mil pés, tendo como ponto central a Marina da Glória. Para otimizar as operações, o aeroporto do Galeão será exclusivamente dedicado aos pousos e decolagens de transporte regular de passageiros e carga, e estará fechado às operações da aviação geral entre 14 e 19 horas.

Os representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Infraero, Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), Polícia Federal e empresas aéreas decidiram que uma equipe será disponibilizada para atender a qualquer solicitação extraordinária referente à interrupção das operações aéreas. Essa equipe será composta por integrantes da Infraero, CGNA e ANAC e atuará no local do evento das 11 às 17 horas.

A ANAC recomenda a todos os passageiros com voos marcados de/para o aeroporto Santos Dumont que consultem sua companhia aérea antes de se dirigir ao local. Em caso de atrasos ou cancelamentos de voos, os passageiros deverão ser assistidos pela Resolução n° 141 da ANAC.

Natal terá voo para Cancun em 2012

Será lançado nesta quinta-feira, o voo charter Natal-Cancun, que tem a frente à operadora JSC Turismo do empresário Murillo Felinto. O lançamento ocorrerá no Shock Bar, às 18h.

Natal será a única capital do Brasil a ter voo direto para Cancun em março de 2012. O voo que sairá do Aeroporto Augusto Severo no dia 17 de março de 2012, retorna a Natal em 25 de março. Neste período estará ocorrendo em Cancun, o Spring Break, evento direcionado as pessoas de espírito jovem e que contará com a participação dos melhores DJs e bandas do mundo, oriundos dos Estados Unidos, Canadá e Europa.

“O Spring Break em Cancun é o maior evento do planeta para pessoas que desejam diversão com infraestrurura. O norte-riograndense tem o privilégio de ter o único voo diretor do Brasil para Cancun, neste período, o que faz a grande diferença. Este diferencial já causou interesse de compra de pernambucanos, paraibanos e cearenses”, ressaltou Murillo Felinto.

O pacote para Cancun pode ser adquirido em todas as agências de viagens de Natal a partir de R$ 3.890 e com parcelas de R$ 420,00. O pacote inclui, além de hospedagem e assento no voo, bebida alcoólica e não alcoólica, alimentação, seguro viagem e city tour.

TRIP negocia possível venda à TAM


A Trip e a Tam assinaram, no final de março, uma carta de intenção para a compra, por parte da Tam, de 31% das ações da Trip. Esta manhã, durante anúncio de melhorias nas operações da Trip Cargo, o diretor de Marketing e Vendas da aérea regional, Evaristo Mascarenhas, comentou o assunto.

De acordo com ele, as duas companhias discutem neste momento detalhes de como funcionaria as participações de cada uma em uma eventual negociação. “Também é difícil entender a precificação de uma empresa que cresce 70% ao ano [caso da Trip]. Devemos projetar esse crescimento para dois anos? Cinco? São complexidades existentes em um processo dessa magnitude”, comentou Mascarenhas.

Atualmente, 72% das ações da Trip são divididas igualmente entre os grupos Caprioli e Águia Branca. Outros 20% pertencem à norte-americana Skywest e os 8% restantes à empresa Rio Novo Participações, que pertence ao grupo Águia Branca.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Promoções - Preço baixo todo dia


A categoria promoções traz mais uma vez as melhores tarifas para quem perdeu o saldão de ofertas da GOL nesse último final de semana. Além desta a TAM, Avianca, AZUL e Webjet está com preços baixos. Confira:

TAM

São Luís - Belém  R$ 65,00
São Paulo - Curitiba R$ 89,00
Manaus - Santarém  R$ 132,00
São Paulo - Londrina  R$ 62,00
Salvador - Rio de Janeiro  R$ 140,00

WEBJET

Salvador - Recife  R$ 89,99
Salvador - Brasília  R$ 99,99
Curitiba - Porto Alegre  R$ 59,99
Rio de Janeiro - Natal  R$ 259,99
Rio de Janeiro - Salvador  R$ 81,99
Curitiba - Foz do Iguaçu  R$ 79,99
Salvador - Belo Horizonte  R$ 79,99

AZUL

Salvador - Ilhéus R$ 79,00
Recife - Salvador R$ 99,00
Campinas - Joinville  R$ 79,00
Curitiba - Porto Alegre R$ 49,00
Campinas - Florianópolis  R$ 79,00
Navegantes - Porto Alegre R$ 89,00

AVIANCA

Recife - Petrolina  R$ 105,00
Curitiba - São Paulo  R$ 55,00
Brasília - João Pessoa  R$ 219,00
Belo Horizonte - Brasília R$ 72,00
Porto Alegre - Sao Paulo  R$ 75,00
Campo Grande - João Pessoa R$ 335,00

GOL

A Gol está oferecendo passagens a partir de R$ 29 até a próxima sexta-feira (29/07) para destinos domésticos como Brasília, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, São Luís, Curitiba e Porto Alegre.

* Os voos com Saidas de São Paulo são referentes aos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, e no Rio de Janerio - Galeão e Santos Dumont. A promoção Gol é para voos até 31/08 com permanencia mínima de dois dias no destino. Lembramos também que esses preços podem ficar indisponíveis a qualquer momento, variando assim o preço.



Alterações em voos no Aeroporto Presidente Castro Pinto


As companhias aéreas AZUL, GOL e TAM solicitaram a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) alterações em alguns de seus voos no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto - João Pessoa. Confira os novos horários:

AZUL | 4244 | Campinas 22:00h > João Pessoa 01:02h
AZUL | 4245 | João Pessoa 01:35h > Campinas 05:00h

GOL | 1160 | São Paulo 22:00h > João Pessoa 01:10h
GOL | 1161 | João Pessoa 02:20h > São Paulo 05:55h

TAM | 3482 | Brasília 11:36h > João Pessoa 14:05h
TAM | 3483 | João Pessoa 16:30h > Brasília 18:55h

TAM | 3782 | Brasília 23:08h > João Pessoa 01:42h
TAM | 3783 | João Pessoa 07:45h > Brasília 10:29h

* Essas alterações são as que possuem o maior intervalo de tempo entre o atual voo e as novas solicitações.

TAM fala sobre ameaça de bomba em voo


A Tam divulgou um comunicado referente à ameaça de bomba no voo JJ 8102 de ontem, que faria a ligação Rio de Janeiro-Frankfurt.

“A Tam informa que os passageiros do voo 8102 (Rio de Janeiro/Galeão-Frankfurt), com previsão de decolagem para ontem, 25, às 21h, precisaram ser desembarcados após uma ameaça de bomba, feita por um passageiro, detido pela Polícia Federal. Como estabelece o procedimento para estes casos, a aeronave e as bagagens foram inspecionadas por policiais e o voo foi liberado. A decolagem aconteceu às 5h36 de hoje, 26, com previsão de pouso em Frankfurt às 17h26 (horário de Brasília). Os passageiros receberam toda a assistência da companhia.‪”



segunda-feira, 25 de julho de 2011

Aeroporto de Congonhas com novo acesso ao embarque

A Infraero abriu nesta segunda-feira um novo acesso para a sala de embarque do Aeroporto de São Paulo/Congonhas. Localizada no primeiro piso do saguão central do aeroporto, a nova entrada permite aos passageiros que embarcam nas posições remotas (sem o auxílio de pontes de embarque), nos portões 13 a 22, um acesso direto para a sala de embarque.
O novo acesso conta com quatro novos pórticos de inspeção, somando-se aos seis já existentes no primeiro andar, totalizando 10 canais de inspeção. Estima-se que 50% dos passageiros embarquem pelo novo acesso. “Os passageiros terão mais conforto e agilidade no processo de embarque com esta melhoria”, destacou o superintendente da Regional São Paulo, Willer Larry Furtado.
O novo acesso agilizará o atendimento dos passageiros que acessam as salas de embarque, especialmente nos horários de pico. “A nova entrada auxilia na distribuição desse volume de passageiros que se dirige aos controles de inspeção", afirmou Eliana Akemi, superintendente do Aeroporto de Congonhas.



Aeroportos Brasil - Aeroporto de Petrolina

O Aeroporto de Petrolina — Senador Nilo Coelho se firma como um dos principais do Nordeste, impulsionado pela produção do Vale do São Francisco, maior exportador de frutas do Brasil e responsável pela maior taxa de crescimento econômico da região.

Os investimentos que a Infraero realizou em Petrolina, transformaram o aeroporto no segundo maior de Pernambuco e a pista de pouso e decolagem na segunda maior do Nordeste. Agora com 3.250 metros de extensão, a pista recebe grandes aviões cargueiros, com capacidade para até 110 toneladas.

São três as companhias aéreas que operam com voos regulares no aeroporto: a GOL Linhas Aéreas, Avianca Linhas Aéreas, TAM e a TRIP Linhas Aéreas. As obras realizadas em 2004, permitiram melhor qualidade do reforço asfáltico da pista e do pátio de aeronaves, ampliado para 16.406 m², com cinco posições de estacionamento para aviões de grande porte.

O terminal de cargas do Aeroporto de Petrolina, com 2 mil m², está preparado para atender a demanda de exportação de frutas da região. A estrutura é toda preparada para dar suporte à produção perecível, com seis câmeras frigoríficas, capacidade de armazenamento de 17 mil caixas cada uma, e dois túneis de resfriamento.

O novo terminal de passageiros do Aeroporto de Petrolina — Senador Nilo Coelho é totalmente climatizado, com equipamentos de segurança modernos, como o circuito interno de TV e o sistema informativo de voo, além de 19 pontos comerciais dentro do conceito de Aeroshopping. O aeroporto tem lanchonetes, restaurante, lojas de artesanato, produtos regionais, locadoras de veículos e terminal de saque eletrônico.

O Aeroporto de Petrolina atende a mais de 53 municípios nos Estados de Pernambuco, Bahia e Piauí. Em 2008, o aeroporto recebeu mais de 157 mil passageiros.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Embarque - TAM Linhas Aéreas (FRA/GRU)

Como era de se esperar, o aeroporto estava um pouco mais "agitado" do que o normal. Apesar do trânsito e do maior fluxo de passageiros, isso acabou não influenciando muito a minha viagem. Isso porque já havia realizado meu check-in diretamente pelo site da TAM na noite anterior. Aliás, ponto positivo para a companhia neste aspecto. O web check-in da empresa funciona de maneira exemplar: até com bilhete físico é possível imprimir o cartão de embarque, basta informar o localizador da reserva.

Com o cartão de embarque na mão, tratei apenas de me dirigir ao balcão de check-in da empresa para despachar minha bagagem. No aeroporto de Frankfurt a TAM disponibiliza três balcões de check-in para a classe econômica, um para a classe executiva, um para a primeira classe e um último destinado exclusivamente a clientes que realizaram o check-in pela internet e precisam apenas entregar sua bagagem. Quando cheguei, o balcão marcado para o web check-in ainda não estava funcionando, portanto me dirigi para o balcão da classe executiva. Havia apenas uma pessoa na fila e em menos de dois minutos a funcionária da TAM já estava etiquetando minha bagagem e conferindo os detalhes do portão de embarque e o horário para me apresentar. Perfeito: rápido, eficiente, cordial e tudo com um sorriso no rosto.

O embarque sofreu um pequeno atraso e foi realizado as 21h25 de maneira rápida e organizada. Anúnicios perfeitos, tanto em português como em alemão. No entanto, faltou o anúncio em inglês. Aliás, o anúnico para passageiros com necessidades especiais, idosos e gestantes foi o único a ser feito em inglês. Num aeroporto que é considerado o principal hub de conexão da Europa com 70% dos passageiros sendo de conexão, é imperativo que todas as chamadas também sejam anunciadas em inglês.

Embarquei no Mike União Charlie e tratei de me acomodar no meu assento, 12A, assento-cama localizado na última fileira do segundo compartimento da classe executiva. A primeira impressão da aeronave não poderia ser melhor: estava imaculada, tanto por fora como por dentro. O Triplo Sete que me levaria de volta a São Paulo é da safra de 2008, portanto um jato relativamente novo. Após ter me acomodado, a tripulação ofereceu um drink e um snack de boas-vindas: champanhe, suco de laranja ou água para beber e uma seleção de salgados. Tudo dentro dos conformes.

Nossa decolagem foi autorizada e as 22h45, a tripulação técnica liderada pelo Comandante Brasil gentilmente aplicou potência aos dois gigantes GE90-115B e 44 segundos depois o grande Boeing da TAM tomava os céus, iniciando sua ascensão ao nível FL350. Sempre me surpreendo com a incrível performance do Triplo Sete. Subimos diretamente ao nosso nível de cruzeiro inicial, sem o famoso step-climb utilizado pelos Airbus A340. Do lado de fora, mesmo as 23h15, em pleno verão europeu, ainda era possível ver a luz iluminando as nuvens.

Logo após nosso jato ter estabilizado no nível FL350, foi iniciado o serviço de bordo. Ainda antes da decolagem havia escolhido "Filet Mignon ao Molho de Vinho Tinto servido com Purê de Batatas, Cenouras e Abobrinha" mas não havia a bordo e acabei optando pelo "Filet de Frango ao Molho Pesto servido com Batata e Ratatouille". Como acompanhamento, pedi um vinho tinto espanhol: Bodegas Protos Reserva. Aliás, a TAM oferece em sua carta de vinhos um champanhe, um vinho branco, dois vinhos tintos e algumas outros destilados, licores e coñacs selecionados. Corretíssimo para um voo intercontinental.

É a terceira vez que fazia a rota Frankfurt-São Paulo na executiva da TAM e o serviço de bordo da TAM sempre me chama a atenção por um motivo: na classe executiva os passageiros são servidos "à la carte", como se estivessem em um restaurante, não passam com os famosos trolleys. Um detalhe simples que faz toda a diferença ao meu ver. Voltando ao voo, o jantar estava excelente, e a sobremesa - um baita diferencial para chocólatras como este que vos escreve - ainda melhor: a mousse de chocolate com laranja ao molho de framboesa é simplesmente maravilhosa. Perfeito!

Finalizado o jantar, comecei a fuçar pelo sistema de entretenimento de bordo AVOD (Audio and Video on Demand) da empresa, chamado "TAM nas nuvens". A opção de filmes não é das melhores, mas também não chega a incomodar, mesmo porque apesar do voo ser longo, é um voo noturno e a maioria das pessoas optam por descansar e dormir. Afim de descontrair um pouco e começar as férias dando risada, resolvi assistir "The Hangover". Para a minha surpresa, a imagem e o som eram em alta definição. Talvez não lembrasse das minhas últimas viagens, mas foi um agradável surpresa.

Apesar do excelente produto e o maravilhoso serviço de bordo, ainda existe muita coisa que pode e deve ser melhorada. Assim por exemplo, tive que levantar do meu assento e retornar a bandeja de sobremesa, pois a tripulação aparentemente esqueceu de retirá-la. Em qualquer classe de serviço isso é inaceitável, numa classe executiva então, inadmissível. Pior, quando retornei a bandeja, não houve reação por parte da tripulação. Parecia ser a coisa mais natural do mundo. Fica aí a dica para a TAM: erros deste tipo não podem acontecer.

Voltando ao assento, era hora de dormir. Reclinei o assento que logo virou uma cama. Tudo bem, uma cama ligeiramente inclinada, mas ainda muito confortável. Tudo dentro dos conformes, no entanto, a TAM possui algo que realmente a diferencia da concorrência: o travesseiro e o edredom. O travesseiro da TAM é algo fora do comum e faz a diferença na hora de descansar. Queria levar um desses para casa!

Dormi praticamente até a hora do pouso. Tomei uma opção "express" do café-da-manhã, optando apenas pelo prato frio com um pãozinho, algumas poucas frutas, algumas fatias de frios e um pote de iogurte de amarena. A TAM ainda oferece uma refeição mais completa, quente, mas preferi ficar na versão "light", acompanhado apenas de um suco de laranja.

Instantes após a tripulação ter recolhido todas as bandejas, já iniciamos o procedimento de aproximação ao Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro de São Paulo/Guarulhos. Em poucos minutos sobrevoávamos uma São Paulo encoberta. Trem de pouso baixado e travado. Nosso pouso foi autorizado pela pista 09R. O Comandante Brasil realizou um pouso extremamente suave e o gigante da TAM tocou o solo tupiniquim às 05h14 da manhã, ligeiramente adiantado. Livramos a pista e nos dirigimos para nossa posição de parada. Para minha surpresa, apesar do pátio estar vazio e o Triplo Sete da TAM ser um dos maiores jatos a pousar no aeroporto a esta hora da manhã, a INFRAERO nos designou um posição de pátio na remota, ao lado do terminal de carga. Pior, ao olhar pela janela da aeronave, identifiquei apenas um único ônibus para levar aproximadamente 260 passageiros ao terminal. É, estava no Brasil novamente...

Tive a sorte de estar na classe executiva e consegui embarcar no único ônibus disponível sem maiores atrasos. Fomos levados ao desembarque internacional do Terminal 2. Tendo em vista que apenas um outro voo intercontinental havia desembarcado seus passageiros no Terminal 2 até este momento (o Airbus A340-300 da Lufthansa proveniente de Munique), passar pela imigração levou pouco tempo e em apenas cinco minutos já estava na esteira aguardando a minha bagagem. Quinze minutos depois as malas do nosso voo já estavam rodando. Mas, ao procurar minha bagagem uma surpresa: apenas as malas da tripulação da TAM haviam sido colocadas na esteira. Erro grave. Passageiros de primeira classe, classe executiva e detentores do status "Star Alliance Gold" deveriam receber tratamento prioritário, como é praxe nas outras companhias aéreas. O bom senso dita que a bagagem da tripulação deve ser retirada separadamente da aeronave, após todas as malas dos passageiros terem sido disponibilizadas nas esteiras. Aproximadamente dez minutos depois das malas da tripulação circularem na esteira, foram disponibilizadas as primeiras malas dos passageiros, entre elas, a minha. Até o próximo embarque!

TAM com novos voos para Orlando (EUA)

A partir do dia 2 de agosto, a TAM Linhas Aéreas vai operar um novo voo diário entre São Paulo e Orlando, dobrando a frequência na rota, para atender à alta e crescente demanda de passageiros entre as duas cidades. Atualmente, a TAM é a única companhia aérea que oferece voos sem escalas, todos os dias, entre Brasil e Orlando.

O Airbus A330 da TAM, que opera a rota São Paulo–Orlando, possui 221 assentos que incluem quatro lugares na Primeira Classe, projetados para oferecer a máxima privacidade e conforto do passageiro, 34 assentos na Classe Executiva e 183 na Classe Econômica. O voo JJ 8110 decolará de São Paulo às 00h55 e pousará em Orlando às 9h (horário local). Na rota inversa, o JJ 8111 partirá diariamente de Orlando às 10h50 (horário local) e chegará em São Paulo às 20h20.

Até 1º de agosto, a TAM também programou um voo diário extra entre São Paulo e Orlando para atender ao aumento da demanda esperado durante a alta estação. O serviço extra, voo JJ 9398, decola à 1h de São Paulo e pousa em Orlando às 09h05 (horário local). No retorno, o JJ 9399 parte diariamente de Orlando às 12h30 (horário local) e pousa em São Paulo às 22h.

A TAM começou a operar voos entre Brasil e Orlando em novembro de 2008, com 14 frequências semanais entre a cidade norte-americana e São Paulo. A empresa também opera voos para Miami e Nova York.

Promoções: GOL, São Paulo - João Pessoa a R$ 54

A GOL, segunda maior companhia aérea do país continua com excelentes promoções para voos de 06 de agosto a 06 de outubro. A promoção que começou no penúltimo final de semana tem garantido bons lucros para a empresa e para os passageiros.

Para garantir o melhor preço, o passageiro deve comprar as passagens de ida e volta juntas. A promoção que ocorre até a próxima segunda-feira (25), abrange todos os trechos domésticos e internacionais operados pela Gol/Varig, exceto Caribe. As tarifas podem ser parcelas em 6x sem juros em diversas cartões de crédtios. Em alguns dessas ofertas o trecho de volta está por R$ 54

Confira alguns trechos (ida+volto) com partidas do nordeste:

João Pessoa - Brasília  R$ 300,79
João Pessoa - São Paulo  R$ 320,79
João Pessoa - Rio de Janeiro  R$ 309,75

Recife - Brasília  R$ 355,22
Recife - São Paulo  R$ 355,22
Recife - Belo Horizonte  R$ 244,18

Fortaleza - Manaus  R$ 375,22
Fortaleza - Campinas  R$ 340,79
Fortaleza - Belo Horizonte  R$ 284,18

Salvador - Curitiba  R$ 295,22
Salvador - Rio de Janeiro  R$ 194,18
Salvador - Belo Horizonte  R$ 214,18

São Luís - Brasília  R$ 258,00
São Luís - Manaus  R$ 388,00
São Luís - Teresina  R$ 119,47

* Os preços baixos sempre são vendidos rapidamente, caso não encontre os voos com esses preços é porque ouve indisponibilidade de assentos com essas tarifas. Voos para São Paulo e Rio de Janeiro são referente aos aeroportos de Guarulhos e Galeão respectivamente.

TAM testa check-in sem papel em Belo Horizonte


Até o fim deste mês de julho, a Tam testa no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, o check-in sem papel, realizado pelo site www.tam.com.br, a partir de qualquer computador ou celular conectado à internet.

O check-in efetuado no site da Tam gera um cartão de embarque eletrônico, com código de barras 2D, enviado por e-mail ou SMS para um dispositivo móvel. Para entrar na sala de embarque, o cliente deve acessar o cartão em seu celular e apresentá-lo ao agente de segurança. A leitura do código é feita diretamente na tela do aparelho, sem necessidade de impressão de papel. Só é preciso ir até o balcão de atendimento da companhia em caso de despacho de bagagens.

O check-in sem papel vale para os voos com saída de Confins das 11h50 às 18h, com destino aos aeroportos de Brasília, Vitória, Galeão/Rio de Janeiro e de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. Além disso, deve ser utilizado entre 72 horas e duas horas antes do horário de decolagem.

“Ampliamos uma ação que privilegia a sustentabilidade e promove um processo rápido e seguro de embarque. A própria movimentação de passageiros torna-se mais confortável e ágil nos terminais. Esperamos que o público mineiro experimente esta opção moderna e pioneira em nossos voos”, diz a diretora de Marketing da Tam, Manoela Amaro.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

TAP com segundo voo Lisboa - Belo Horizonte


A Tap vai reforçar as ligações entre Lisboa e Belo Horizonte com mais um voo por semana, entre 29 de agosto e 12 de setembro. É uma rápida resposta à elevada procura verificada nesta ligação, com taxas de ocupação médias superiores a 90%, segundo a companhia.

Em 2011, a Tap transportou nesta linha 16% passageiros mais do que em 2010 e regista para o mês de setembro um crescimento de 34% no número total de reservas.

Com a nova operação, às segundas-feiras, a Tap passa a oferecer durante este período um voo diário entre Lisboa e Belo Horizonte. Os voos têm partidas de Lisboa às 9h45 e chegada a Belo Horizonte às 15h25. No sentido inverso, partem do aeroporto de Confins às 22h, chegando à Portela, no dia seguinte, às 11h15. O último acréscimo de oferta nesta ligação ocorreu no final de março com a introdução da sexta frequência semanal.

Passageiro - check-in

Na semana passada explicamos como o passageiro pode adquirir sua passagem aérea. Hoje nós vamos entrar no aeroporto e confirmar sua presença no voo. Um dia antes de sua viagem ligue para a companhia aérea escolhida para confirmar seu voo - as vezes o horário do voo muda, ou ainda pode ser cancelado. Entrando em contato você pode evitar de seguir para o aeroporto caso tenha ocorrido alguma dessas situações.

Depois de tudo confirmado, seguimos para o aeroporto; é necessário estar lá no máximo uma hora antes da partida do seu voo. Ao chegar no equipamento, vamos procurar os balcões de check-in da empresa. Dentro do aeroporto sempre podemos encontrar funcionários da INFRAERO ou das empresas com crachás, além das placas lhe direncionando para o lugar certo.

Ao encontrar os balcões de check-in da empresa, entre na fila. Fique sempre atento, muitas vezes os agentes de aeroportos da companhia aérea chamam os passageiros dos voos com partida próxima para agilizar o check-in. Ao chegar no balcão você irá apresentar seu localizador ou e-tchick (opcional) mais um documento original com foto (obrigatório). Além disso sua bagagem será pesada. Cada passageiro tem direito a 23kg para ser despachado, e 5kg para levar dentro do avião; caso esse peso se exceda você terá que pagar por ele, geralmente as empresas cobram R$ 10,00/kg excedido.

Ainda no balcão de check-in o passageiro terá suas malas etiquetadas, e receberá o seu cartão de embarque. Nele você terá dados como: o seu assento durante o voo, o horário de embarque, o portão de embarque etc; tudo bem detalhado. Se você for fazer conexão (mudança de aeronave antes de seu destino final) também já receberá o cartão de embarque no próximo aeoporto. Após sair do check-in dirija-se ao portão de embarque; dependedo do intervalo de tempo entre seu check-in e a partida do voo, você ainda pode fazer um lache, tomar um café, ler um bom livro etc.

Na proxíma semana você irá descobrir tudo que tem que fazer após passar do portão de embarque nacional até sua entrada na aeronave que vai seguir viagem.

ANAC quer esclarecimentos sobre pane nas reservas da GOL


A Anac exigiu da Gol Linhas Aéreas S.A. explicações públicas em função dos problemas apresentados durante esta terça-feira (19/07), quando uma pane no sistema de emissão de passagens causou uma série de atrasos em seus voos em diversos aeroportos do País.

Em paralelo, a agência reforçou o monitoramento das atividades da empresa para assegurar a regularidade dos serviços e garantir o cumprimento dos direitos dos passageiros previstos pela Resolução nº 141 da Anac, como assistência material, reacomodação ou reembolso. A agência informa ainda que estuda um conjunto de medidas mais duras para coibir problemas de pontualidade e regularidade das companhias aéreas no País.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Mais Linhas Aéreas pretende decolar em setembro


A Mais Linhas Aéreas anunciou que deve iniciar suas operações regulares em setembro próximo. A companhia aérea tem sua sede corporativa em Salvador, sendo que a base operacional será baseada no Rio de Janeiro. A partir da capital fluminense, a Mais quer voar, inicialmente, para três destinos utilizando duas aeronaves Fokker 100. Ambos os jatos já se encontram no hangar da TAM MRO em São Carlos, onde serão configurados para voo.

AZUL pretende comprar aeronaves maiores

A terceira maior companhia aérea do país quer aeronaves maiores para complementar sua atual frota de jatos regionais Embraer e turboélices ATR. Assim como têm acontecido no mundo inteiro, a Azul está a procura de aeronaves mais econômicas e eficientes. Em recente entrevista publicada pela revista Exame, David Neeleman afirmou que têm preferência pela Embraer, no entanto, a construtora teria que desenvolver uma aeronave com tamanho semelhante ao do CSeries da canadense Bombardier. A Embraer por sua vez, aguarda uma decisão da Boeing se esta vai remotorizar o atual 737, ou se vai desenvolver uma aeronave totalmente nova, para decidir qual estratégia adotará.

O presidente do conselho da Azul afirmou que o custo por viagem do Embraer 195 é inferior ao do atual Airbus A320, esta diferença no entanto é bem menor se comparado ao A320neo, que promete uma redução de custo da ordem de 15% quando comparado com seu antecessor. "E o neo têm bem mais assentos", ressalta Neeleman. O executivo disse que os Embraer 195 e os turboélices ATR são os melhores aviões para a sua empresa hoje em dia. "Mas, daqui a cinco anos, podemos precisar de um (avião) maior", refletiu Neelman.

Questionado sobre qual aeronave veria como a solução para sua empresa, David Neeleman foi claro, têm preferência por um jato da Embraer. Mas a construtora brasileira precisa definir uma estratégia logo pois a empresa está atrasada com relação à concorrência. "A Airbus está na frente com o neo, pois a Boeing não decidiu ainda", disse Neeleman. "Precisamos estudar o CSeries, mas a Airbus está na frente", concluiu o executivo da Azul.

Promoções - Aqui sempre tem o melhor preço


Hoje o blog Aeroportos Brasil traz para você os melhores preços que as três principais companhias aéreas do país disponibilizam para os passageiros. Aqueles que querem viajar pagando pouco devem procurar bastante, ainda é póssivel achar essas tarifas promocionais.

TAM

Belém - São luís R$ 65,00
Aracaju - Recife  R$ 225,00
Fortaleza - Manaus R$ 370,00
Belo Horizonte - Brasília  R$ 99,00
Brasília - Rio de Janeiro  R$ 95,00
Aracaju - Rio de Janeiro R$ 250,00
Belo Horizonte - São Paulo R$ 78,00
Florianópolis - Porto Alegre  R$ 119,00

GOL

Natal - Recife R$ 29,00
Salvador - Ilhéus R$ 89,00
Teresina - São Luís R$ 39,00
São Paulo - Manaus R$ 99,00
Rio de Janeiro - Ilhéus  R$ 99,00
Rio de Janeiro - Recife  R$ 99,00
João Pessoa -Salvador R$ 99,00
São Paulo - João Pessoa R$ 99,00
Rio de Janeiro - São Paulo  R$ 69,00
Fortaleza - Juazeiro do Norte  R$ 99,00

AZUL

Salvador - Vitória  R$ 99,00
Recife - Salvador  R$ 109,00
Brasília - Campinas  R$ 89,00
Curitiba - Porto Alegre  R$ 69,00
Porto Alegre - Campinas  R$ 99,00
Campinas - João Pessoa  R$ 189,00
Rio de Janeiro - Campinas  R$ 69,00
Rio de Janeiro - João Pessoa R$ 189,00


* Informamos que esses preços são por trechos para compras de ida e volto. Estão sujeitas a mudanças de preços. Os voos da Azul para JPA por 189 estão disponíveis no dia 04/08.

AZUL voará para Caixas do Sul em novembro


A Azul solicitou autorização para começar voar para Caixas do Sul a partir do dia 11 de novembro desse ano. A solicitação feita pela empresa é para dois voos diários entre Campinas e Caxias do Sul de segunda a sexta-feira e aos sábados e domingos será um voo por dia.

Os voos serão realizados em jatos EMB195 com capacidade para 118 passageiros. A venda de passagens só começa depois que a Anac conceder a autorização, o que deve acontecer no próximo mês - agosto.

4274| Campinas 08:37h > Caxias do Sul 10:10h
4275| Caxias do Sul 10:40h > Campinas 12:05h

4276| Campinas 18:02h > – Caxias do Sul 19:30h
4277| Caxias do Sul 20:00h > Campinas 21:40h

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Aeroportos Brasil - Aeroporto de Rio Branco


O novo complexo aeroportuário de Rio Branco, foi construído para atender a demanda de fluxo de passageiros e cargas até 2010. Inaugurado em 22 de novembro de 1999, distante 18 km do centro da cidade, é uma das maiores obras do Estado do Acre. Conforto e segurança estão espalhados em 4.292,60m² de área construída, piso em granito, com dois pavimentos, ligados por elevador, estrutura metálica, cobertura de telha metálica, forros e tetos metálicos e gesso.

A obra é o marco para o desenvolvimento acreano. O custo do novo complexo aeroportuário é resultado do investimento de US$ 70 milhões, incluindo algumas obras realizadas pelo Governo do Estado, entre elas a duplicação da BR-364, onde está localizado o Aeroporto, e implantação da rede de energia elétrica.

O novo Aeroporto atenderá com eficiência e qualidade o fluxo de passageiros e cargas até 2010, quando poderá sofrer ampliações. Seu terminal de passageiros tem área construída de 4.292,60 m², que abriga nove empresas, duas regulares nacionais, GOL S/A, TAM S/A e TRIP LINHAS AÉREAS S/A. e sete táxi aéreos, uma sala de embarque (203m²) e uma de desembarque (352m², espaço cultural, sala vip (80m²), áreas destinadas ao PFAC, ao DPV, nove lojas comerciais (banca de jornais e revistas, sorveteria, tabacaria, produtos regionais: doces, artesanatos, estamparias), órgãos públicos, como Polícia Federal, Receita Federal, Serviço de Vigilância Sanitária e Receita Estadual.

No pavimento superior,que mede 1.100 m², estão localizados o restaurante e terraço panorâmico climatizado, onde podem ser visualizadas pousos e decolagens; comissaria e lanchonete. O complexo aeroportuário tem estacionamento com capacidade para 138 vagas.

O Aeroporto é dotado de sistema de segurança e tecnologia com circuito fechado de televisão, balanças eletrônicas, check-in informatizado, sistema informativo de vôos, detectores de metais,esteira automática de bagagens e atendimento bancário através de caixas eletrônicos (Banco do Brasil, Banco Bradesco S/A e Caixa Econômica), serviços especializado contra incêndio e remoção de emergência. O Aeroporto ganhou uma subestação de 900 KVA, dois grupos geradores de 450 KVA e reservatório de água com capacidade para 800 mil litros.

Essas dimensões permitem que o novo complexo Aeroportuário de Rio Branco possa receber até 270.000 passageiros por ano. O pátio de aeronaves possui 38.400m², comportando quinze posições de aviões de pequeno porte, cinco de médio porte e seis de grande porte, sendo a maior aeronave que opera o A-320. A pista de pouso mede 2.158m de comprimento x 45 m de largura. O novo complexo aeroportuário tem seu funcionamento H-24, 2ª categoria para efeito de cobrança de tarifas aeronáutica e comercial; e, está inserido na Classe B, para efeito de auxílio à navegação. Pertence ao Centro de Negócios Aeroportuários do Noroeste.

São Paulo terá voo para o Quênia

A diretora de Marketing do Kenya Tourist Board, Jennifer Opondo, realizou há pouco, em São Paulo, um evento com operadores para divulgar as potencialidades do país africano. Uma das principais novidades, segundo ela, será o início em dezembro de um voo entre São Paulo e Nairobi, operado pela Kenya Airways. O evento teve a participação do embaixador do Quênia no Brasil, Kirimi Kaberia.

Durante a ação promocional, Jennifer enfatizou os principais pontos turísticos e a infraestrutura do país africano. Segundo ela, há diversas opções de turismo na região. “Possuímos muitos parques nacionais. Entretanto, não nos resumimos apenas a esse tipo de turismo. A vida cultural e as nossas praias também são uma ótima opção de viagem”, disse ela.

O país que recebeu no último ano 1,7 milhão de turistas estrangeiros, sendo 1% desse total o número de brasileiros, estima que até o ano de 2013 passe a receber 30 mil brasileiros por ano. “Para que isso ocorra, contamos com a participação do trade brasileiro. O voo entre São Paulo e Nairobi deverá alavancar ainda mais as vendas”, disse o embaixador.

Webjet começa a vender passagens para Florianópolis


Depois de Uberlândia e Goiânia, a Webjet já está vendendo passagen de Florianópolis para Porto Alegre e para Belo Horizonte, mas ela irá vender também para outros destinos. Está em fase final de aprovação um voo da ilha para o Rio de Janeiro e outro para Porto Alegre. Além disso, tanto na capital fluminense como na capital mineira será possível fazer conexão para outros destinos atendidos pela empresa.

As passagens estão sendo vendidas a partir de R$99. Os interessados podem comprar pelo site, loja física ou via telefone. No momento só estão disponíveis voos diretos; os voos com conexões devem começar a serem vendidos nos próximos dias. Os voos em Florianópolis começam no dia 12 de setembro.

5818 | Belo Horizonte 16:48h > Florianópolis 18:29h
5819 | Florianópolis 11:50h > Belo Horizonte 13:27h

5819 | Porto Alegre 10:18h > Florianópolis 11:20h
5518 | Florianópolis 18:59h > Porto Alegre 20:05h

domingo, 17 de julho de 2011

Aeroporto de João Pessoa necessita do ILS

Em forma de apoio e prosteto ao que está acontecendo no Aeroporto Internacional de João Pessoa - com todos esses cancelamentos de voos, devido ao mau tempo, o Aeroportos Brasil apoia o blog JPA no Ar, vemos a necessidade do aeroporto paraibano de receber melhores instrumentos para voos com péssima meteorologia - ILS (Instrument Landing System) Sistema de pousos por instrumentos formados pelo Glide Slope, que emite sinais indicativos da rampa de aproximação, pelo Localizer (LOC), que indica o eixo da pista, e pelos marcadores. 

Nesses últimos dias, todos nós testemunhamos as chuvas que caíram na região litorânea da Paraíba e do nordeste em si. Tendo essa perspectiva em vista e vendo que o Castro Pinto fechou por quase 6 horas nessa semana, noticia veiculada por este blog, fica notável a necessidade de um instrumento que facilite a aproximação à pista pelas aeronaves, o ILS.

É certo que, aproximadamente, passamos 6 meses de sol se faça aproximações VFR, vôo por regra visual, porem nos outros 6 que é extremamente chuvoso, é fácil observar a necessidade de tal instrumento, uma vez que vemos arremetidas, alternação e cancelamentos de vôos devido as chuvas. 
Se o governos anteriores não fizeram, foi por falta de interesse. A demanda no Castro Pinto vem aumentando a cada mês, já estamos com o limite do terminal ultrapassado, estacionamento sem vagas, pátio ficando cheio a cada vôo que aparece e ainda vale ressaltar que aeroportos que possuem uma boa quantidade de vôos passaram a contar com o ILS como Natal, por exemplo, que já possui este aparelho desde 2006, quando o aeroporto começou a deslanchar, assim como recife, fortaleza, entre outros no Nordeste. Será que seremos o ultimo, de novo, a receber algum beneficio?

Agora só nos resta esperar o que a Infraero e o governo estadual ou municipal possa fazer para solucionar esse pequeno caos que cerca o Castro Pinto. 
                     Autoria                                                                                 W.S.F
        Luan Florencio - JPA no Ar                                                  Presidente Aeroportos Brasil

Voos transferidos e passageiros voltam para casa de carro

 
Os três aviões - TAM, Gol e Azul - que foram desviados de João Pessoa para Natal e Recife aumentaram as estatísticas negativas de cancelamentos de voos no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa. De acordo com o portal Paraíba1, a Infraero informou que 85% dos voos previstos entre a 0h e as 12h entre a noite de sábado 916) e a madrugada de domingo (17) não aconteceram. O percentual coloca o Castro Pinto como o estado que teve mais imprevistos neste intervalo de tempo.

Dos sete voos planejados, cinco foram cancelados e um atrasou. O percentual de cancelamentos é o mais do país: 71,4%. O superintendente da Infraero no Castro Pinto, Alexandre Oliveira, explicou à reportagem do Paraíba1, que o volume de chuvas está acima do esperado para esta época, e que isto tem prejudicado principalmente os pousos no aeroporto.
 
Fátima Marques com Izabele, de apenas três meses, foram duas dos 136 passageiros do voo da Gol, que foi desviado do Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, para o Aeroporto Internacional Augusto Severo, en Natal, na madrugada desse domingo, por causa das chuvas que caem sobre a Paraíba desde o início da semana. O voo estava previsto para chegar em João Pessoa ás 00h20, mas os passageiros só começaram a chegar na manhã do domingo, de taxi.

Mau tempo fecha aeroporto de João Pessoa


O voo da Gol Linhas Aéreas que saiu de São Paulo, do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), com destino a João Pessoa, às 20H50 deste sábado (16), teve que arremeter durante procedimento de pouso no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, por causa da forte chuva que caía naquele momento.

De acordo com informações da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), houve problemas também com os voos da TAM Linhas Aéreas e AZUL Linhas Aéreas. O piloto do avião ainda esperou que o tempo melhorasse, o que não aconteceu, e deslocou a aeronave para o Aeroporto dos Guararapes, em Recife(PE).

Mais de 100 passageiros - aguardavam novas informações da Gol. A expectativa é de que o reembarque aconteça às 2h45, mas essa informação ainda não está confirmada. O avião que trouxe os passageiros de São Paulo permanecerá no aeroporto de Recife. Todos os passageiros serão reembarcados em outra aeronave.

Assim que houve o desembarque, alguns passageiros chegaram a discutir com uma comissão de solo da companhia e até mesmo entre eles, por conta da falta de informação e das justificativas do cancelamento do pouso na capital paraibana.

Esses problemas de pouso e decolagem mostram que o Aeroporto Internacional de João Pessoa necessita de melhorias. Precisamos de equipamentos que permitam aeronaves pousar e decolar do aeroporto mesmo com o mal tempo no local.Já é o segundo dia de cancelamentos na Paraíba.